Como Assumir a Sexualidade Diante dos Pais

2.9k 0
Como Assumir a Sexualidade
()

Tópico: Como assumir a sexualidade

No meu processo de pesquisa para escrever este texto de como assumir a sexualidade, me deparei com as mais diversas abordagens, desde as mais neutras que descreviam frases ditas por pais aos filhos, até coisas mais absurdas com comentários machistas, como por exemplo: “se alguém próximo de você é gay, ótimo, assim sobram mais mulheres/homens para você que é hétero”. 

E eu gostaria de deixar claro logo no início que não ser homofóbico não te dá passe livre para ser machista. 

E para não ser homofóbico não basta apenas não ser violento fisicamente ou verbalmente, não ser homofóbico vai muito além deste básico, inclui também não ser passivo agressivo, inclui não fazer piadinhas desnecessárias (entenda: se ninguém está rindo, se as pessoas estão desconfortáveis, é porque não é engraçado, ponto final!!!), inclui ser ativamente consciente de que o mundo para gays, lésbicas, bissexuais, transexuais, travestis, queer, intersexo e assexuais (ou seja, aqueles parte da comunidade LGBTQIA+), é muito diferente do mundo para heterossexuais.

Esta primeira parte eu dedico aos heterossexuais alienados que acham que sua apatia e falta de posicionamento não afetam os membros da comunidade LGBTQIA+.

Agora, foquemos em você que precisa de apoio e ajuda em um momento tão delicado que é em como assumir a sexualidade diante dos pais.

Vá com calma

Antes de qualquer coisa, assumir sua sexualidade para seus pais é uma vontade sua? Ou você apenas se acha obrigado? Ou está sendo pressionado por alguém? 

Não faça nada que te deixe desconfortável. E se você acha que não é a hora, espere. 

Só você pode saber quando estará pronto para contar. Afinal as reações são inesperadas e é natural que você leve um tempo para tomar esta decisão que é apenas sua. 

Esta decisão não deve nunca ser tomada por alguém que não você mesmo. Não faça por um namorado ou namorada que esteja te pressionando. Não faça por amigos. 

Respeite suas vontades e seus limites!

Outros pontos importantes que deve ser considerado, caso você já imagine que a recepção será negativa e ainda esteja em dúvida…

Seus pais costumam fazer comentários homofóbicos? Você mora com eles ou depende deles financeiramente? Você ficaria péssimo caso eles reagissem mal? Se a resposta for sim para qualquer uma destas perguntas, talvez seja o caso de considerar esperar um pouco mais.

Certifique-se também de que será seguro contar. Existe uma grande diferença entre ficar nervoso antes de contar para pais que te apoiam e ficar com medo de contar para pais conservadores. 

Infelizmente existem muitas histórias de pais que assassinam filhos LGBTQIA+. 

Por isto, certifique-se de que sua vida não estará em perigo caso você resolva contar.

Algo que também pode ajudar o seu planejamento e fazer com que você tenha uma noção do que esperar caso conte, é soltar indiretas sutis ou leves insinuações. 

Veja como eles reagem… isto pode ser de grande ajuda.

Procure ajuda

O processo de busca por aceitação por parte da família, dos amigos e da sociedade de modo geral não é fácil, e você não precisa passar por isto sozinho. 

Além de contar com pessoas compassivas você pode também contar com apoio profissional. 

Procure apoio de um psicólogo ou grupos de apoio existentes na sua região. 

A sua saúde mental deve vir em primeiro lugar.

O momento

Ao assumir para os pais sua sexualidade é possível se deparar com as mais diversas reações:

– Pais agressivos/conservadores: Aqueles que dizem que isto é uma ofensa;

– Pais em negação: Os que dizem que isto é só uma fase;

– Pais preocupados: Os que tem medo do que os filhos passarão na sociedade;

– Pais apoiadores: Os que aceitam de cara e dizem que o amarão e apoiarão incondicionalmente.

De qualquer forma, não é possível prever com total certeza quais serão as reações, afinal, cada caso é único.

Seja qual for o cenário que você encontrar, certifique-se de ter ao menos uma pessoa de confiança que te apoie neste momento. 

Contar pode ser uma libertação, uma forma de abraçar completamente sua identidade, mas não deixa de ser um momento delicado. Por isso, uma rede de apoio é essencial neste momento.

Escolha um ambiente confortável e seguro. 

Este ambiente não precisa ser necessariamente a sua casa, pode ser também em um lugar público, caso você deseje reações menos explosivas se já estiver esperando por elas. 

Planeje com antecedência.

A bifobia é real e você precisa se preparar

A bifobia é algo que acontece num contexto geral da sociedade e não só ao se assumir para os pais. 

É aquele comentário idiota sobre bissexuais serem confusos ou ainda não terem se decidido. 

É o questionamento sobre a sua sexualidade cada vez que você começa a namorar uma mulher ou um homem (“mas você não era gay/lésbica?!”). 

Tenho amigos bissexuais que já me disseram que apresentar um namorado ou namorada para a família durante muito tempo foi como se assumir repetidas vezes. 

Isso pode ser muito cansativo, e é preciso deixar claro que a bissexualidade não é nenhuma indecisão, é apenas uma atração mais fluida do que aquelas direcionadas para apenas um dos sexos. 

Acima de tudo, deixe claro que a sua bissexualidade é real, você a vive, não existem dúvidas e ninguém tem o direito de questionar a sua sexualidade.

Tenha paciência

Muitos pais reagem negativamente em um primeiro momento, mas acabam aceitando completamente com o tempo. 

Há uma diferença entre pais que te apoiam e reagem negativamente devido a surpresa do choque inicial, e pais conservadores que apresentam um real risco de vida para seus filhos LGBTQIA+. 

Se o seu caso é o primeiro, dê tempo tempo ao tempo. 

Às vezes a primeira reação não é a ideal, mas não significa que ela é a final. 

Pais também são seres humanos e, como nós, são imperfeitos, cometem erros, e estão em constante aprendizado em meio a sua parentalidade.

Converse

Se há espaço para diálogos educativos, não hesite em tê-los. 

Para que seus pais abram a cabeça em relação a você, é preciso que você também abra a cabeça para as dúvidas deles. 

Ela podem ser desde as coisas mais bobas, como o questionamento em relação a netos até coisas mais sérias como a ideia ignorante e preconceituosa de que gays propagam AIDS. 

Utilize artigos científicos, histórias reais de outros membros da comunidade LGBTQIA+, ou mesmo sua experiência pessoal. 

O importante é não deixar as dúvidas se tornarem certezas erradas.

Conclusão

Como assumir a sexualidade para seus pais é uma decisão inteiramente individual e deve ser feita considerando uma série de questões. 

Nenhuma experiência é igual e é preciso determinado nível de confiança para lidar com as possíveis reações. 

E lembre-se: certifique-se de que será um momento seguro!

Então, gostou do post de hoje sobre como assumir a sexualidade? E se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo.

Não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima!

Quer Apimentar A Relação?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças, quintas e sábados tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Ana Lúcia

Consultora e Expert Apimentou. Heavy User de Produtos Sensuais. Instagram: @apimentou.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *