22 Descobertas Científicas Mais Importantes Sobre a Sexualidade Humana

727 0
descobertas-cientificas-sobre-a-sexualidade
()

Uma vez, há muito tempo atrás algumas pessoas se arriscaram em mar aberto para conhecer novas terras e conquistar novos territórios. E há mais de 500 anos  algumas delas vieram a descobrir o que hoje chamamos de Brasil.

Inspirados nesse espírito de aventura e busca do novo e inexplorado, hoje selecionamos aqui as 22 descobertas científicas mais importantes sobre a sexualidade humana para te mostrar a evolução das quebras de tabus e preconceitos e como elas colaboraram para a saúde e o bem estar sexual que temos na atualidade.

Esse tema tem sido um campo de exploração, descoberta e desmistificação ao longo das décadas. Desde estudos pioneiros até avanços recentes, cientistas e especialistas em diversas áreas e em todo o mundo têm se dedicado a desvendar os mistérios por trás das diversas facetas do sexo. 

Suas descobertas não apenas aumentaram nosso conhecimento, mas também promovem uma visão mais saudável e positiva da sexualidade. Confira abaixo:

 

1. Descoberta do Cromossomo X e Y (1905)

Autor: Bióloga e Geneticista – Nettie Stevens  

País: Estados Unidos  

Importância: A identificação dos cromossomos sexuais X e Y foi crucial para entender a determinação do sexo, bem como distúrbios genéticos relacionados ao desenvolvimento sexual.

 

2. Teoria dos Estágios do Desenvolvimento Psicossexual (1905)

Autor: Neurologista e Psicanalista – Sigmund Freud  

País: Áustria  

Importância: Embora controversa, a teoria de Freud sobre os estágios do desenvolvimento psicossexual influenciou a psicologia moderna e nossa compreensão da formação da identidade sexual.

 

3. Influência cultural na construção da sexualidade (1920s – 1930s)

Autor: Antropóloga – Margaret Mead

País: Estados Unidos 

Importância: através de seus estudos sobre a sexualidade em diferentes culturas, desafiou visões etnocêntricas e demonstrando a diversidade das expressões sexuais humanas..

 

4. Estudo sobre a Diversidade de Orientações Sexuais (1940s)  

Autor: Biólogo – Alfred Kinsey  

País:Estados Unidos  

Importância: O trabalho de Kinsey sobre a diversidade de orientações sexuais, incluindo a escala de Kinsey, ajudou a normalizar uma gama mais ampla de experiências sexuais, combatendo estigmas e preconceitos.

5. Identificação do Ponto G (1950s)

Autor: Ginecologista Ernst Gräfenberg  

País: Alemanha  

Importância: Embora ainda seja objeto de debate, a descoberta do ponto G por Gräfenberg trouxe atenção para a complexidade da anatomia sexual feminina e estimulou pesquisas sobre prazer sexual feminino.

Se você ainda não descobriu seu ponto G recomendamos o Vibrador Ponto G Dana 10 Vibrações

vibrador-de-ponto-g

O mini vibrador ponto G é feito de silicone de alta qualidade,com 10 modos de vibração poderosos 

 

6. A Importância do Clítoris (1950s):

Autores: Biólogo – Alfred Kinsey, Psicólogo – Wardell Pomeroy, Sexólogo – Clyde Martin, Antropólogo – Paul Gebhard

País: Estados Unidos

Importância: Revelou que o clítoris é a principal fonte de prazer sexual feminino, desafiando a crença predominante de que era o vagina.

Se quiser testar essa descoberta em casa recomendamos o Sugador De Clitóris Magic Flute 12 Sucções

 

sugador-de-clitoris

Com bocal macio envolve o clítoris para sugá-lo em 12 padrões diferentes. Feito de silicone médico muito seguro e muito silencioso. É impermeável e fácil de limpar

 

7. Ciclo da Resposta Sexual Humana (1960s)

Autores: William Masters e Virginia Johnson

País: Estados Unidos:

Importância: esse trabalho ajudou a desmistificar muitos tabus e a entender melhor a fisiologia sexual. Também são pioneiros no desenvolvimento da terapia sexual e revolucionaram o tratamento de disfunções sexuais, promovendo uma abordagem mais prática e baseada em evidências.

 

8. A Teoria do Apego (1950s – 1980s):

Autores: Psicólogos – John Bowlby, Mary Ainsworth

País: Reino Unido

Importância: Explicou a importância das primeiras experiências de relacionamento para o desenvolvimento da vida sexual saudável.

 

9. Descoberta da Dopamina no Sistema de Recompensa (1950s)  

Autor: Farmacologista – Arvid Carlsson  

País: Suécia  

Importância: A identificação da dopamina como neurotransmissor-chave no sistema de recompensa do cérebro ajudou a explicar os mecanismos neuroquímicos por trás da motivação sexual e do prazer.

 

10. Desenvolvimento da Pílula Anticoncepcional (1950s-1960s)

Autores: Biólogo – Gregory Pincus, ginecologista – John Rock e outros

País: Estados Unidos

Importância: A disponibilidade da pílula anticoncepcional revolucionou o controle de natalidade, permitindo às mulheres maior autonomia sobre sua saúde reprodutiva e sexual.

 

11. Importância da intimidade sexual na vida adulta (1960s – 1970s)

Autor: Psicanalista – Erick Erickson 

País: Estados Unidos 

Importância: propôs a teoria do desenvolvimento psicossocial, incluindo a importância da intimidade sexual na vida adulta.

 

12. A influência do Poder na Sexualidade (1970s)

Autor: Filósofo – Michael Foucault

País: França

Importância: Suas análises históricas ajudaram a desnaturalizar noções de sexualidade, mostrando como o poder influencia as práticas sexuais e as identidades.

13. Descoberta do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) (1983)  

Autores: Virologistas Luc Montagnier e Françoise Barré-Sinoussi  

País: França  

Importância: A descoberta do HIV foi crucial para aumentar a conscientização sobre saúde sexual e promover práticas mais seguras, especialmente entre grupos de alto risco.

 

14. Pesquisa sobre a Importância do Toque (1990s)  

Autor: Psicóloga – Tiffany Field  

País: Estados Unidos  

Importância: A pesquisa de Field sobre os efeitos terapêuticos do toque destacou a importância do contato físico na saúde emocional e no desenvolvimento de relações íntimas, promovendo uma compreensão mais holística da sexualidade humana.

Agora que você já sabe que uma bela massagem tem sua função científica no seu relacionamento, corre para pegar o seu Óleo de Massagem Sensual Spianare!

 

oleo-de-massagem-importante-para-a-sexualidade

Contém em sua composição 7 fragrâncias afrodisíacas.Aquece a pele no ato da massagem. Proporciona o relaxamento, a aproximação e o toque.

 

15. Pesquisa sobre Disfunção Erétil (1990s)

Autores: Farmacêutico e Farmacologistas – Robert F. Furchgott, Ferid Murad e Louis Ignarro  

País: Estados Unidos  

Importância: A pesquisa dos ganhadores do Prêmio Nobel sobre o óxido nítrico como um mediador chave na ereção levou ao desenvolvimento de tratamentos eficazes para disfunção erétil, melhorando a qualidade de vida sexual de milhões de pessoas.

 

16. Descoberta do Papel do Cérebro na Excitação Sexual (1990s) 

Autor: Antropóloga – Helen Fisher  

País: Estados Unidos  

Importância: O trabalho de Fisher sobre os mecanismos cerebrais da excitação sexual ajudou a desmistificar o desejo e a paixão, promovendo uma compreensão mais científica e menos estigmatizada da sexualidade humana.

 

17. Descoberta dos Neurônios Espelho (1990s)

Autor: Neurofisiologista – Giacomo Rizzolatti e equipe

País: Itália

Importância: Essa descoberta contribuiu para a compreensão da empatia, imitação e comunicação não verbal, aspectos importantes nas interações sociais e sexuais.

18. Estudo sobre Saúde Sexual na Terceira Idade (2000s) 

Autores: Educadora Sexual – Joan Price  

País: Estados Unidos  

Importância: A pesquisa de Price sobre a sexualidade na terceira idade desafiou estereótipos culturais e promoveu uma visão mais inclusiva e positiva do envelhecimento e da sexualidade.

 

19. Descoberta dos Efeitos do Estresse no Desejo Sexual (2000s)

Autores: Psicólogos – Cindy Meston e David Buss 

País: Estados Unidos  

Importância: Esses pesquisadores exploraram como o estresse afeta o desejo sexual e a função sexual, destacando a importância do bem-estar emocional na sexualidade.

20. Amor Líquido: Sobre a Fragilidade dos Laços Humanos (2003)

 Autor: Sociólogo – Zygmunt Bauman

País: Polônia

Importância: analisou os efeitos da “modernidade líquida” na sexualidade, incluindo a mercantilização do amor, a busca por gratificação instantânea e a fragilização dos relacionamentos.

 

21. Inteligência Erótica (2006)

Autor: Psicoterapeuta  – Esther Perel

País: Estados Unidos

Importância: promoveu o conceito de “inteligência erótica” em seu livro Mating in Captivity: Unlocking Erotic Intelligence (2006), que foi traduzido para 24 idiomas onde defende a importância da comunicação, da intimidade e da reconexão emocional para uma vida sexual plena.

 

22. Estudos sobre fluidez sexual (2008)

Autor: Psicóloga – Lisa Diamond

País: Estados Unidos

Importância: sua pesquisa desafia concepções estáticas de orientação sexual, destacando a fluidez e a complexidade das identidades sexuais.

Essa pesquisa tem inclusive ajudado à indústria de brinquedos adultos a produzirem cada vez mais gadgets íntimos que sejam não binários e que não sejam réplicas de genitais como é o caso dos vibradores fálicos. Um bom exemplo disso é o Vibrador Bullet Phoenix Neo Controlado Por App

vibrador neo

Com seu formato misterioso, esse massageador pessoal pode estimular qualquer área do corpo humano independente do gênero. Tem 11 modos de vibração controlados por aplicativo, é resistente à água.

 

Essas 22 descobertas científicas representam apenas uma fração do vasto conhecimento acumulado sobre a sexualidade humana. No entanto, cada uma delas desempenhou um papel crucial na quebra de tabus, na promoção da igualdade e na promoção de uma visão mais saudável e positiva da sexualidade. 

À medida que a ciência continua a avançar, é fundamental reconhecer o papel essencial que a pesquisa científica desempenha na transformação de nossa compreensão e aceitação da diversidade sexual.

Esperamos que depois de tantos bons exemplos, você também se inspire em pesquisar seu corpo, suas fantasias e seus sentimentos em busca de maior autoconhecimento e bem estar sexual.

 

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *