O Que é Arromanticidade? Saiba no Post de Hoje

891 0
arromanticidade
()

Tópico: Arromanticidade

Nos últimos anos, a evolução do debate sobre a orientação sexual, e também afetiva, deu às pessoas a oportunidade de se reconhecerem em muitas situações, tal como no arromantismo.

Embora pareça intuitivo, o significado do termo contém em si uma gama de nuances – e, conhecê-lo é importante para entender se você se enquadra nessa definição, ou ainda, para apoiar aqueles que se encontram neste grupo.

Mas, o que realmente significa arromanticidade? 

Saiba tudo no post de hoje.

O que é arromanticidade?

É definido como a ausência total ou parcial de atração romântica por outras pessoas. 

Vale salientar que o arromantismo é uma orientação, e tem a ver com o lado afetivo, e não com o sexual. 

Uma pessoa aromântica não sente (ou sente apenas minimamente) atração romântica ou, no mínimo, não vive o romance pelos padrões sociais que todos conhecemos. 

O conceito de aromáticos (ou arromanticidade) é vítima de inúmeros preconceitos.

Pessoas arromânticas são representadas pela letra A na sigla LGBTQIA+, juntamente aos agéneros, assexuais e andróginas, por exemplo. 

No entanto, diversos ativistas arromânticos afirmam que a comunidade é atualmente subrepresentada.

O espectro do arromantismo é muito amplo. 

Vamos tentar descrever as principais nuances desta orientação, lembrando que as pessoas sempre estarão além dos tipos de rótulos possíveis para representá-las, e que a realidade é bem mais fluida.

Veja a seguir as nuances mais relevantes da arromanticidade

  • Arromântico fluido: é um tipo de arromanticidade não-fixa. A pessoa sente fluir a sua posição sobre as alterações do espectro arromântico, porque a sua atração romântica flutua. 
  • Grayrromântico: são aqueles que experimentam apenas em certos contextos específicos a atração romântica, por uma ou poucas pessoas;
  • Demirromântico: possibilidade de forjar um vínculo afetivo que leve à atração romântica, apesar de se identificar como arromântico;
  • Litorromântico / Akoirromântico: quando você não se importa que seu desejo romântico por uma pessoa seja correspondido;
  • Cupiorromântico: identificam-se aquelas mulheres ou homens arromânticos que não sentem atração romântica por nenhuma pessoa, mas desejam experimentar uma relação sentimental;
  • Quoirromântico / WTFromântico: a ênfase é colocada na incapacidade de separar a atração romântica da platônica;
  • Omniarromântico:  É quando você não sente nenhuma atração romântica, de forma alguma. Indivíduos omniarromânticos podem, no entanto, experimentar amor platônico ou familiar, mas não é algo definitivo.

Mitos em torno da Arromanticidade

Como muitas vezes acontece, quando se trata de um rótulo diferente do padrão e não muito conhecido socialmente, é natural tirar uma série de conclusões absolutamente equivocadas em relação ao tema em questão, a arromanticidade.

Algumas deduções relativas ao arromantismo que – embora errôneas – ainda estão muito difundidas são:

  • Assexualidade

O estereótipo mais comum, em termos de arromântico, é aquele que nos leva a imaginar que todas as pessoas arromânticas também são assexuadas. Esse viés provavelmente decorre do fato de que muitos ainda confundem orientação romântica e sexual.

As pessoas arromânticas nem sempre são assexuadas. Não há correspondência biunívoca entre as duas orientações. 

Os assexuais não têm interesse ou desejo de fazer sexo com outras pessoas. Mas isso não significa que estes não são capazes de se relacionar com alguém.

Pessoas assexuais podem ter relacionamentos românticos. No entanto, não expressam seus sentimentos românticos por meio de relacionamentos ou atividades sexuais.

Ao contrário das pessoas arromânticas, as assexuadas ainda podem ter sentimentos de amor ou se apaixonam. Porém, os sentimentos são baseados inteiramente na compatibilidade, não na atração sexual.

Algumas pessoas assexuais também se classificam como arromânticas. Isso significa que estes não sentem atração sexual ou romântica por alguém. E há ainda os arromânticos que se classificam como assexuados.

  • Incapacidade de amar

Não é possível afirmar que o arromântico anda sempre de mãos dadas com a falta de afetividade e vice-versa. Afinal, as pessoas podem ter um amor romântico profundo e sincero por outra pessoa, mas controlam a necessidade de demonstrar esse sentimento através de gestos amorosos, por exemplo.

Da mesma forma, é possível que uma pessoa arromântica se entregue a inúmeras formas de afeto para com seus amigos, familiares em geral.

  • Uma reação a traumas

O arromanticismo não pode ser assimilado à desilusão que se sente após o rompimento de um relacionamento, a amargura que se experiencia após uma recusa, ou a decepção causada por um amor não correspondido. 

As pessoas românticas não se tornam arromânticas depois de um divórcio ou após sofrerem atos de infidelidade – o termo não se aplica a esses casos.

  • Incapacidade de se comprometer

Também não é incomum que o arromântico seja confundido com a incapacidade ou falta de vontade que algumas pessoas têm de se vincular em relacionamentos bem definidos e manter um compromisso um a um. 

E, uma pessoa com desejo romântico, que está curtindo a solteirice e não quer estar temporariamente em um relacionamento, não é um exemplo de arromântico.

Sinais para entender se você é arromântico

Como vimos até aqui, a arromanticidade é um espectro com muitas nuances, consequentemente algumas sensações e sentimentos são válidos para alguns arromânticos, enquanto para outros não.

Dito isto, se você está tentando se dar uma explicação para certos comportamentos ou maneiras de ser, queremos ajudá-lo e identificar algumas situações frequentes que os arromânticos muitas vezes se veem experienciando. 

  • Relacionamentos não são para você

“Amigos com benefícios” é o seu tipo de relacionamento ideal. Se você é arromântico, provavelmente rejeitou qualquer proposta sentimental porque simplesmente não te interessa.

Você está completamente confortável em não experimentar o tipo de amor que a maioria das pessoas vivencia, e deseja permanecer solteiro ou continuar a ter relacionamentos não-românticos.

  • Você se liga a alguém por outros motivos, não por sentimentos

Em outras palavras, você não está de acordo com as expectativas da sociedade; alguns arromânticos se ligam a alguém por razões econômicas ou para ter um confidente com quem compartilhar a vida, mas não para manter um sentimento romântico. 

  • A ideia de casamento te frustra

Vários parênteses poderiam se abrir aqui, porque até heterossexuais podem se sentir assustados ou desconfortáveis com a ideia de se casar. 

No entanto, para um arromântico, a situação é um pouco diferente, no sentido de que nunca lhe acometeu pensar no momento do casamento como algo romântico.

  • Amor romântico não, platônico sim

Existem alguns indivíduos que aceitam o amor e se interessam por ele apenas pelo aspecto platônico – considerado mais profundo e verdadeiro do que o conceito clássico de romantismo. 

O amor romântico não funciona para um arromântico, mas isso não significa que ele não sinta outros tipos de afeto.

  • Histórias românticas não te interessam

Romances e filmes, assim como histórias de romance ou fofocas sobre os relacionamentos de outras pessoas não geram interesse em você, porque não consegue realmente entender os sentimentos que eles estão falando.

Considerações finais

Em nossa sociedade, existem exemplos únicos de felicidade e realização pessoal totalmente dependentes do sucesso das relações como casal. 

O final feliz ao qual estamos acostumados geralmente se baseia na realização do sonho do amor, no casamento e na convivência com um par.

Crescemos com a ideia de nascer incompletos, vivemos em busca da metade que nos completará. 

E, quando, convencidos de que havíamos encontrado a metade da nossa laranja, o vimos desaparecer e nos sentimos novamente: defasados, quebrados. 

Assim, começamos desesperadamente, em alguns casos, a procurar uma nova metade.

Essa visão prejudica a todos: tanto os arromânticos quanto os românticos. 

Não somos metade e também as pessoas que (eventualmente) amamos. 

Somos todos lindos frutos inteiros e diferentes. 

Há frutas que, juntamente com outras, adquirem outros sabores, que são realçados em uma salada de frutas, outras que são boas sozinhas. 

Não existe fruto que valha mais do que outro, não existe jeito certo ou errado de ser.

O amor romântico enriquece, não completa, sendo importante, assim como outras formas de amor não-romântico.

Então, gostou do post de hoje sobre o que é arromanticidade? Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo, afinal, a sua opinião é muito importante para nós.

E não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima!

Quer Apimentar sua vida?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto, pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todos os dias tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Ana Lúcia

Consultora e Expert Apimentou. Heavy User de Produtos Sensuais. Instagram: @apimentou.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *