Sou Baunilha, Mas Quero Ser BDSM!

416 0
quero ser bdsm
()

Tópico: Quero Ser BDSM

Sou Baunilha, mas quero ser BDSM. Então como posso iniciar no mundo de dominação, submissão, sadomasoquismo e fetiches?

Esta é a pergunta que muitas pessoas interessadas em entrar no BDSM fazem, no entanto a resposta pode ser um pouco complexa.

Mas não se preocupe, no post de hoje ajudaremos você a desvendar esse mundo e tudo o que pode ser adequado ou não para a prática.

O que BDSM significa exatamente?

BDSM é um acrônimo para a expressão “bondage, disciplina, dominação, submissão, sadismo e masoquismo”, que se expressam em uma série de práticas sexuais e formas de se relacionar, nomeando os maiores subgrupos que formam o BDSM.

O BDSM incide na exploração das muitas sensações, principalmente dor e prazer, ambos derivando de um jogo de poder.

Por ser considerado uma ‘troca de poder’, significa que o jogo deve ser consensual, seguro e são. 

Para isso, ao dizer “quero ser BDSM”, você deve estabelecer regras para essa experiência e de consentimento, claro, entre os participantes.

Dominante, submisso ou switch

Como o BDSM é baseado em uma relação dominação/submissão, é importante saber de que lado você está para obter o máximo da prática.

Trata-se de escolha muito pessoal, que é feita principalmente de acordo com o que excita e com a compatibilidade na cama com o par.

Um dominante terá as regras em mãos e será o instigador do castigo corporal. 

Um submisso terá que obedecer e aceitar tudo o que seu parceiro lhe pedir, abrindo mão de todo o controle.

Algumas pessoas que dominam sua vida profissional e social gostam de desempenhar o papel de submissão na cama. 

Já os “switchers” podem encontrar prazer em ambas as situações e, portanto, mudar de acordo com seus desejos.

Sou Baunilha, mas quero ser BDSM. Como iniciar?

A primeira coisa ao dizer “quero ser BDSM” é: relaxe. O que mais atrapalha o iniciante é a pressa em estabelecer as posições.

A prática de BDSM é um jogo. Então, se quiser ser um bom jogador, é preciso conhecer as regras. 

Afinal não há como “entrar de cabeça” em algo completamente desconhecido.

A dominação e a submissão muitas vezes acontecem de maneira espontânea, de acordo com as preferências pessoais.

E lembre-se que o BDSM só deve ser praticado, vivenciado por maiores de 18 anos, pois é uma prática sexual e um estilo de vida que exigem muita responsabilidade.

Como Abordar O Assunto Com O Seu Par?

Em alguns casais, a comunicação nem sempre é boa. Mas se há uma coisa essencial quando você quer melhorar a sexualidade, é conversar. 

Falar sobre o que gostamos, o que desaprovamos na cama e, acima de tudo, sobre as fantasias.

Não se sente à vontade de conversar sobre o BDSM? Não entre em desespero, aposte na comunicação não verbal.

Mostre ao seu par fotos, filmes e artigos que abordem o meio e pergunte o que acha sobre o tema “quero ser BDSM” e o que pensa sobre o isso. Isso excita? Isso intriga? Se sim, a porta provavelmente estará aberta para uma experimentação física.

Porém vale ressaltar que o BDSM só é bom para um relacionamento se os dois quiserem.

Ninguém pode estar sob pressão

O BDSM deve ter uma perspectiva excitante, e não de provação ou algo desconfortável. 

Logo é preciso ser honesto e saber avaliar o interesse da pessoa à sua frente.

Praticando BDSM: algumas dicas

Quando o BDSM é realizado pela primeira vez, tudo parece incomum, e não necessariamente os dois parceiros obterão o mesmo nível de satisfação sexual, o que é normal no início. 

Inclusive devemos evitar fazer isso com um estranho. É necessário intimidade para que tudo comece a fluir bem.

Mas vamos lá… Iniciar com as ações mais simples é a melhor maneira de começar. 

Quero ser BDSM – Algumas dicas relevantes:

  1. Você pode amarrar as mãos do seu par atrás das costas ou na cabeceira da cama com o uso de meia-calça, sutiã ou gravata.
  2. Ao comprar algemas, verifique a chave antes de colocá-las no seu par.
  3. Se for usar cordas, treine realizar os nós, antes de fazê-los com o par, e lembre-se de não os apertar muito.
  4. Olhar nos olhos ao começar as preliminares é certamente muito excitante, mas vendar o seu par pode aumentar ainda mais o prazer, pois, ao privar a visão, as sensações experimentadas com os outros sentidos serão, sem dúvida, ampliadas.

Quanto aos acessórios, não é necessário de início comprar uma diversidade deles, caso não queira. 

Você pode começar amarrando ou vendando os olhos com um lenço ou usar calcinha para amordaçar o seu par – as opções são infinitas, basta abusar da imaginação. 

Assim você poderá analisar e, aos poucos, verificar se realmente gosta da prática BDSM.

Respeite seus limites e a importância da palavra de segurança

Antes de saborear o êxtase do gênero, antes de absolutamente tudo, certifique-se de comunicar seus limites ao outro. 

Antes de começar a prática, deixe claro o que, em sua opinião e em sua experiência, iria longe demais

É preciso também desenvolver uma “palavra de segurança”, que, se falada, determinará o término imediato da prática. 

O mesmo se aplica ao seu par, de modo que se sinta completamente à vontade nessa experiência.

E, se em algum momento você sentir que o jogo começou a se inclinar mais para o sofrimento do que para o prazer, não hesite em parar tudo.

Respeite sempre os seus limites.

Dica De Compra Para Comprar Melhor E Mais Barato!

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pela categoria BDSM. Nós possuímos uma infinidade de produtos para BDSM de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto, pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

 
Divirta-se

Agora é a hora dos primeiros testes. 

E, acima de tudo, da perda do controle de um e da experiencia da dominação pelo outro.

Um conselho: avance passo a passo, uma experiência de cada vez, e reserve um tempo para saboreá-la, certificando-se de que os dois estão no mesmo estágio de empolgação.

Conclusão

Ser iniciante no BDSM é exatamente a mesma coisa de quando se começa um hobby qualquer. 

É necessário ler, estudar e praticar para, assim, se tornar um amplo conhecedor do tema.

E vale salientar que o BDSM não tem necessariamente a ver com dor. 

Mas pode-se decidir adicionar ferramentas, como os chicotes, acoites, palmatórias etc., apenas se ambos os parceiros desejarem e sentirem a necessidade de mergulhar neste mundo, em que prazer e dor coexistem.

Então, gostou do post de hoje sobre “Sou baunilha, mas quero ser BDSM”? E se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência, deixe nos comentários abaixo. A sua opinião é muito importante para nós.

Compartilhe este post em suas redes sociais. E até a próxima!

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças, quintas e sábados tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Ana Lúcia

Consultora e Expert Apimentou. Heavy User de Produtos Sensuais. Instagram: @apimentou.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.