O Que São os Terapeutas Sexuais? Quando Procurá-los?

1.3k 0
Terapeutas Sexuais
()

Tópico: Terapeutas Sexuais

A terapia sexual não é apenas para pessoas com problemas sexuais. 

Também ajuda os indivíduos a entender melhor os seus corpos, aprimorar a sexualidade e a vida sexual.

No post de hoje, preparamos um conteúdo especial para que você descubra mais sobre o tema, o que são os terapeutas sexuais e quando procurá-los.

Boa leitura!

O que é sexologia?

A sexologia não é uma ciência isolada, afinal, não podemos pensar a sexualidade humana como algo que se esgota em uma única dimensão, mas sim como um entrelaçamento de diferentes aspectos.

Portanto, a sexologia também considera aspectos que derivam:

  • Da fisiologia
  • Da psicologia
  • A partir de elementos socioculturais

O terapeuta sexual trabalha de forma integrada e, portanto, em estreita colaboração com outras figuras profissionais, como o ginecologista, o andrologista, o psiquiatra, o clínico geral, o fisioterapeuta. 

Esses profissionais podem entrar em cena quando há necessidade de aprofundar alguns aspectos médicos.

O que são terapeutas sexuais?

Um profissional qualificado que conduz sessões que envolvem questões relativas à sexualidade que afligem cada ser humano.

Esse especialista se destaca dos demais por oferecer tratamentos específicos para a esfera sexual atuando de forma integrada entre mente e corpo.

O terapeuta trata as disfunções por meio de técnicas comportamentais, a fim de melhorar a função sexual modificando situações ruins que reforçam a ansiedade, o medo e os comportamentos anti-eróticos.

O que são terapias sexuais e os seus benefícios?

É uma forma de psicoterapia que objetiva ajudar indivíduos (solteiros ou em relacionamentos) a solucionar problemas e disfunções sexuais, como falta de ereção, ansiedade de desempenho, distúrbios do orgasmo, bloqueios psicológicos ou problemas relacionais.

Alguns pacientes decidem realizar o processo terapêutico sozinhos, outros optam por envolver diretamente o par. 

Essa escolha também pode responder a indicações específicas do terapeuta.

Benefícios da terapia sexual

Trabalhar com um terapeuta sexual pode melhorar a sua vida, relacionamentos, confiança corporal, satisfação sexual e muito mais:

  • Melhorar o seu casamento ou relacionamento
  • Ajudar a escolher melhores pares e encontrar relacionamentos mais estáveis
  • Capacitar você a recuperar o seu prazer sexual até mesmo após um trauma
  • Mudar a maneira como olha para o seu corpo e o do seu par
  • Ajudar a se tornar uma pessoa mais aberta, amorosa e corajosa
  • Identificar o que está te impedindo de amar e ser amado(a)
  • Ajudar indivíduos e/ou casais a sair de um relacionamento com um sexo monótono
  • Curar uma traição ou quebra de confiança
  • Ajudar em casos de disfunção erétil, ejaculação precoce, ejaculação retardada e anorgasmia
  • Encontrar sobreposições entre pares, onde um pode ser excêntrico ou desfrutar de excitações não convencionais, enquanto o outro prefere sexo mais “baunilha”
  • Ajudar aqueles que navegam pelo câncer ou doenças crônicas a criar uma nova narrativa para a conexão sexual
  • Identificar os componentes psicológicos e relacionais de um sexo doloroso por dispareunia ou vaginismo
  • Auxiliar casais com problemas de comunicação relacionados ao sexo
  • Apoiar os casais que desejam abrir seu relacionamento com integridade
  • Ajudar as pessoas a explorar nuances de gênero
  • Ajudar a explorar nuances de orientação e identidade sexual
  • Apoiar pais que querem conversar com os seus filhos sobre sexualidade

Em geral, o terapeuta sexual é o profissional indicado para refletir e analisar os mecanismos relacionados à sexualidade, compreender aspectos da vida emocional e identificar o melhor caminho de ajuda – que melhor se adapta às necessidades do indivíduo.

O que esperar da terapia sexual?

Na realidade, um caminho de terapia sexual não se baseia apenas em palavras. 

Obviamente, nesse momento, o profissional precisa entender quais são os problemas do paciente e aprofundá-los. 

Mas uma vez superada essa primeira fase, tanto o indivíduo quanto o casal passarão a fazer verdadeiros “deveres de casa”, que têm como objetivo melhorar o conhecimento do próprio corpo e do par, para superar medos, redescobrir um prazer perdido ampliando o repertório íntimo e sexual. 

Essas “tarefas” serão acordadas em conjunto de tempos em tempos, e variam de acordo com o objetivo previamente acordado com o profissional, e podem incluir:

  • Experimentação: Um casal cuja vida sexual se tornou rotineira pode ser aconselhado a experimentar novas atividades, como o uso de brinquedos sexuais, para turbinar o desejo e a experiência do prazer. 
  • Enfoques sensoriais: uma técnica chave da sexologia, introduzida com o objetivo de aumentar a sensação de intimidade, a confiança no casal e reduzir a ansiedade. A técnica é aplicada através de três etapas: primeiro se começa pelo toque mútuo, excluindo as zonas erógenas, em seguida, gradualmente, inclui-se as zonas erógenas, e por último ocorre a penetração.
  • Psicoeducação: acontece com muita frequência quando os pacientes não recebem educação sexual adequada durante o crescimento. Como resultado, muitas vezes carecem de conhecimento adequado da anatomia e até mesmo do funcionamento das áreas do corpo envolvidas na atividade sexual. O terapeuta pode sugerir a leitura de livros ou assistir a vídeos, ou pode recomendar o uso de um espelho de mão para explorar suas áreas genitais em detalhes.
  • Estratégias de comunicação: os problemas sexuais podem, por vezes, serem atribuídos a dificuldades de comunicação. Os pacientes devem expressar mais clara e abertamente o que querem e precisam, sexual e emocionalmente, de seu relacionamento.

A frequência e duração das sessões dependem da disponibilidade do paciente, do problema específico a ser enfrentado e da abordagem teórica do terapeuta.

Como qualquer caminho terapêutico, mesmo o da sexologia, deve necessariamente ser gradual para permitir que a pessoa ou o casal faça as mudanças que ocorrem progressivamente. 

Então não tenha pressa sobre os resultados a serem alcançados.

É desconfortável falar sobre sexo com outra pessoa – como eu lido com isso?

É normal e bastante comum sentir ansiedade e constrangimento ao conversar com um terapeuta sexual, principalmente se for a primeira vez. 

Muitas pessoas, por condicionamentos culturais, têm dificuldade em falar sobre sua sexualidade. 

No entanto, é muito importante considerar que os terapeutas sexuais são treinados para lidar com o constrangimento do paciente e preparados para deixá-lo à vontade.

O seu terapeuta fornecerá espaço para você expressar quaisquer sentimentos que esteja carregando, e se estiver difícil compartilhar o que está em sua mente, orientará a sessão com algumas reflexões ponderadas, e perguntas compassivas para saber mais sobre você e o que está procurando.

Esteja preparado(a) para responder a perguntas que vão desde o tipo de atividade sexual em que você se envolveu até quaisquer problemas que possam ter surgido de seus relacionamentos sexuais. 

Você pode ser solicitado(a) a compartilhar sobre o padrão e a frequência da masturbação ou como são seus orgasmos. 

E, também pode receber perguntas sobre como você demonstra desejo e afeição além do sexo, além de provavelmente ser estimulado(a) a falar sobre seu corpo e como se sente em relação a ele.

Independentemente das perguntas específicas feitas, o seu terapeuta está procurando entender como era o sexo, como está atualmente e como você gostaria que fosse. 

A aliança terapêutica, a relação que você constrói com o profissional, é de extrema importância. 

Um bom terapeuta sexual trabalhará no seu ritmo e nível de conforto.

Claro, tudo o que você compartilha com seu terapeuta é confidencial, e as sessões, uma zona livre de julgamentos.

Considerações finais

Como vimos, a terapia sexual é de extrema relevância e pode ajudar indivíduos e/ou casais a cultivar mais confiança em sua identidade e expressão sexual para viver uma vida sexualmente mais satisfatória.

De fato, dar o passo para consultar um, envolve reconhecer certa impotência diante das dificuldades pessoais e relacionais. 

Muitas vezes é preciso coragem para revelar a sua intimidade. No entanto, saiba que o alívio sentido com a ajuda será compensador.

Dessa forma, se você estiver enfrentando algum problema ou dificuldade em sua vida sexual, consulte um especialista.

O bem-estar sexual faz parte do conceito mais amplo de bem-estar geral, físico e psicológico. 

Por isso, cuidar é fundamental!

Então, gostou do post de hoje sobre o que são os terapeutas sexuais e quando procurá-los? Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo. Não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima!

Quer Apimentar O Seu Relacionamento?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto, pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todos os dias tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Marcelo Maia

Me chamo Marcelo Maia e sou expert em produtos sensuais e eróticos e um estudioso no tema sexualidade, bem-estar e saúde íntima. Além disso, sou autor do e-book Punheta, uma passeio na masturbação masculina, à venda na livraria da Amazon. Nesta coluna, desenvolvo posts sobre estes temas para ajudar a todos que queiram ler e tirar suas dúvidas. Caso tenha dúvida ou sugestão de pauta, envie email para: [email protected], A/C. Marcelo Maia, que terei prazer em responder. : )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *