O Que é Shibari?

3.9k 0
shibari
()

Tópico: Shibari

Hoje falaremos sobre o Shibari, prática dentro do escopo de BDSM. 

Você já ouviu falar? 

Fica com a gente para descobrir tudo sobre essa prática!

BDSM

O Shibari faz parte das práticas BDSM (Bondage e Disciplina, Dominação e Submissão, Sadomasoquismo). 

Muitas pessoas que não se consideram adeptas do BDSM acabam a praticando em algum momento, devido a ampla gama de práticas e fetiches. 

As práticas BDSM são consentidas, e podem envolver ou não, atos sexuais com papéis designados de dominação e submissão, envolvendo também troca de poder.

Dentro da prática existe a palavra de segurança. 

Um código para comunicar o estado físico ou emocional do praticante durante a realização do fetiche. 

A palavra designada é usada para parar determinado ato considerando que a pessoa envolvida já atingiu seu limite emocional ou físico. 

As palavras de segurança também podem ser usadas para continuação da prática, mas com baixa intensidade.

As práticas BDSM seguem a linha do “são, seguro e consensual”, frequentemente abreviado como SSC. 

Nesse contexto, toda atividade deve ser segura, tanto física quanto psicologicamente, e os envolvidos devem estar cientes dos riscos físicos ou mentais e as implicações e repercussões que podem ocorrer.

Shibari

“Shibari” é um verbo japonês que significa “amarrar” ou “ligar”. 

No Japão medieval essa amarração era usada para imobilizar prisioneiros comuns ou criminosos de guerra. 

Com o tempo as amarrações foram se aperfeiçoando e tornaram-se práticas de tortura, pois descobriram que ao apertar determinados pontos do corpo do inimigo era possível causar uma dor intensa. 

Com a diminuição dos conflitos no Japão, o shibari migrou para o teatro, representado nos tradicionais teatros kabuki.

O shibari tomou um sentido diferente, quando passou a ser utilizado por casais aventureiros no contexto erótico, no século XX.

“Kinbaku”, em japonês, significa “bondage” ou ainda Kinbaku-bi que significa “a beleza da amarração apertada”. 

Kinbaku (ou Sokubaku) é um estilo japonês de amarração sexual ou BDSM que envolve amarrar uma pessoa usando padrões simples, mas visualmente complexos, geralmente com vários pedaços de corda fina (em geral de 5 mm a 8 mm, sendo a mais tradicional a de 6mm), podendo ser de materiais diferentes, como a tradicional corda japonesa juta, ou as de cânhamo, algodão, coco ou bambu.

No contexto de “beleza da amarração apertada”, nesta prática de BDSM a estética é valorizada, os nós precisam não apenas dar prazer, mas também serem bonitos, quase como algo artístico, sendo a principal característica realçar a imagem do corpo humano através de padrões geométricos e formas que contrastam com as curvas naturais do corpo, destacando características como vulnerabilidade, sensualidade e força.

Além do fator estético, o posicionamento dos nós é escolhido para estimular pontos de pressão no corpo, tal qual como na acupuntura (técnica terapêutica chinesa) ou shiatsu (massagem japonesa). 

Desta forma, além do apelo sexual e erótico, o shibari também representa uma entrega a todos os tipos de sentimentos e emoções, causando um efeito similar a um processo de autoconhecimento ou uma terapia de cura.

O básico para iniciar o shibari

A confiança e o cuidado entre os pares é fundamental para a prática segura e prazerosa do shibari, assim como o consentimento de todas as partes envolvidas, estabelecimento de limites e o uso de palavras de segurança, já parte do universo BDSM.

Algumas dicas para iniciantes:

– Aprenda a fazer a “amarração de coluna única” porque essa é a base da prática.

– Comece com uma amarração no chão, ao invés de ir direto para a suspensão. Isso garante que você pratique os métodos adequados antes de prosseguir para a suspensão.

– Tenha tesouras de segurança em mãos caso seja necessário desfazer as amarrações rapidamente por algum motivo.

– Certifique-se de ter um espaço seguro e confortável para praticar o shibari. O local deve ser familiar para ambas as partes.

Por último, aprenda sobre a prática com a ajuda de vídeos, livros e qualquer outro recurso que você possa encontrar sobre o assunto para garantir práticas saudáveis e seguras.

Porque eu deveria experimentar o shibari ao invés de praticar o bondage normal?

Todas as práticas de BDSM requerem altos níveis de confiança e comunicação, mas para o shibari, às vezes há um componente mais íntimo e emocional. 

A sensação de restrição da liberdade enquanto a pessoa se encontra amarrada não está relacionada a ideia de estar preso, mas sim de abandonar completamente os limites físicos e permitir que uma catarse emocional profunda aconteça, ativando mecanismos de defesa e segurança no cérebro. 

Isso irá liberar neurotransmissores essenciais para a sensação de prazer, como adrenalina, endorfina e dopamina.

O jogo entre a dinâmica do poder e a liberação do controle de baixo para cima, cria uma dança íntima de confiança e conexão com o par. 

Isso frequentemente cria uma conexão emocional, às vezes experimentada em forma de choro, euforia ou simplesmente um sentimento de uma conexão mais profunda.

Entre os benefícios da prática do shibari estão:

  • A autoconfiança e positividade sexual
  • Conexão mais profunda com os outros 
  • Atenção plena
  • Liberação de estresse
  • E uma abordagem criativa e lúdica do sexo.

Como propor ao par a prática de shibari

Converse com seu par sobre seus desejos e esteja aberto para ouvir as preocupações e inseguranças de seu par. 

Pesquisem juntos sobre as práticas BDSM de modo geral e especificamente sobre o shibari. 

Não pressione seu par a fazer nada que não queira ou não entenda.

Você pode começar a introduzir o assunto de forma sutil, como: “Tenho interesse em deixar as coisas um pouco mais divertidas no quarto, talvez com encenação sexual, vendas nos olhos, tapinhas ou amarrações”. 

Em último caso, recorra a um terapeuta sexual que tenha uma abordagem positiva do sexo. Ele pode ajudar muito.

As práticas de BDSM são expressões únicas da sexualidade, e podem ajudar muitos casais a superar problemas. 

Por exemplo, existem casais com problemas de disputa de poder, onde um dos dois domina demais o outro e o dominado se sente em desvantagem. 

Nesse contexto, práticas BDSM podem ajudar a balancear esses papéis de dominador e submisso. 

Talvez a pessoa amarrando as cordas consiga recuperar algum poder que estava até então em desequilíbrio na relação e talvez a outra pessoa, em posição de submissão, consiga abrir mão do controle que talvez estivesse até a sobrecarregando.

Não tenha medo de sair da sua zona de conforto. 

Você e seu par podem transformar totalmente o relacionamento!

Então, gostou do post de hoje sobre shibari? E se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo.

Não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima!

Quer Apimentar A Relação?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças, quintas e sábados tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Marcelo Maia

Me chamo Marcelo Maia e sou expert em produtos sensuais e eróticos e um estudioso no tema sexualidade, bem-estar e saúde íntima. Além disso, sou autor do e-book Punheta, uma passeio na masturbação masculina, à venda na livraria da Amazon. Nesta coluna, desenvolvo posts sobre estes temas para ajudar a todos que queiram ler e tirar suas dúvidas. Caso tenha dúvida ou sugestão de pauta, envie email para: [email protected], A/C. Marcelo Maia, que terei prazer em responder. : )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *