Ele Brochou… E Agora?

8 motivos que podem levar os homens a brocharem!

330 0
Ele brochou
()

Mais comum do que se imagina, a perda da ereção ou a famosa brochada permeia muitos homens. E fica a pergunta: ele brochou, e agora?

Mas não são somente eles que sofrem, tem medo ou não sabem o que fazer num momento em que simplesmente a vontade de transar sumiu e o pênis “amoleceu”.

Numa sociedade altamente falocêntrica, o fato de um homem por algum motivo não conseguir uma ereção, ou mantê-la, é motivo de chacota por uns, constrangimento para outros, culpa para algumas mulheres e problemas de autoestima, de relacionamento e problemas sexuais.

Uma certeza: Ninguém está livre de “brochar”!

A primeira coisa que devemos lembrar é: “brochar” é super comum e nenhum homem, nem o mais lindo gostoso, rico… está livre disso.

E também que nós profissionais da área da sexualidade não utilizamos mais o termo “brochar”.

Ele caiu em desuso justamente por sua conotação pejorativa relacionada a performance.

 Utilizamos as expressões: perda de ereção ou disfunção erétil dependendo de cada caso.

Mas no contexto deste post, vou usar aqui a linguagem de senso comum que é mais acessível, pois a ideia é trazer a reflexão, sem o lado acadêmico se sobressair.

A segunda coisa é que sexo não é só penetração.

Quando vivemos em uma sociedade deficiente de educação sexual e machista fica difícil entenderem que todo mundo não é 100% do tempo o rei ou a rainha do sexo.

A falta de Informação pode te tornar um adulto sem repertório Emocional e sexual!

O fato de não termos educação sexual de base, faz com que os adolescentes tenham suas primeiras experiências sexuais pautadas na pornografia.

Ali tentam reproduzir uma série de comportamentos, trejeitos, falas, performance e até gemidos.

O fato de não entenderem que antes do sexo e necessário saber sobre afetividade, responsabilidade, consentimento e funcionamento do corpo além da penetração e reprodução, faz com que os adolescentes se tornem adultos sem repertório emocional e sexual que em contato com a primeira dificuldade sexual na vida adulta se frustrem e se sintam desconfortáveis.

Entender que homens e até mesmo mulheres “brocham”, é fundamental para uma sexualidade sadia.

disfunção eretil

Mas afinal, que levam os homens a brocharem?

Ele brochou… porque? Existem um motivo?

Trouxe aqui 8 motivos que podem levar os homens a brocharem:

  1. Ansiedade por temor de desempenho: É quando o homem está nervoso antes de ter a relação sexual, provavelmente por pressão, expectativas altas, falta de conexão entre outras situações causadoras de ansiedade.

  2. Excesso de bebida: Beber para relaxar e curtir o momento pode ser muito bom e excitante, mas bebida em excesso dificulta a ereção e sensibilidade podendo atrapalhar o prazer, o orgasmo e a ejaculação.

  3. Problemas fisiológicos: Diabetes, problemas cardíacos, entre outras doenças também podem afetar a ereção. O que não significa que será sempre assim, afinal, existem tratamentos e medicamentos que podem ajudar na qualidade de vida e no sexo.

  4. Cigarro: O ato de fumar acaba afetando a circulação e com isso compromete a circulação sanguínea. Ela é muito importante e determinante para uma boa ereção.

  5. Problemas hormonais, em especial a testosterona: Com o passar da idade, é natural que os níveis de testosterona diminuam afetando também a ereção. Neste caso, é importante acampamento médico para uma possível reposição.

  6. Estresse: Sim. Os homens também se preocupam com várias coisas a ponto de afetar o desempenho sexual. Essa característica não é única das mulheres. Muitos homens com questões financeiras ( pela ideia de serem provedores ) e com problemas no trabalho, tem sua ereção e até desejo sexual afetados. Para boa ereção e prazer sexual, é necessário relaxar e se desconectar de questões externas.

  7. Problemas emocionais: Depressão, e outras questões emocionais podem afetar o desejo e ereção. Os homens tendem a guardar sentimentos, frustrações e sofrem sozinhos. Desabafar e buscar ajuda psicológica é fundamental.

  8. Medicamentos: Alguns medicamentos podem afetar a disposição, podem interferir nos níveis hormonais e como consequência influenciam o desejo  e ereção também.

Ele brochou… e agora?

E agora acolhe, ué?

Com certeza quem passa por isso nem sempre se sente confortável.  

O machismo e a cobrança por uma virilidade infalível coloca o homem num papel onde ele nunca pode demonstrar fraqueza, e perder a ereção de acordo com essas crenças é sinal de fraqueza.

Lembra que no início deste post, falei da falta de educação sexual?

Vale lembrar que muitas mulheres também reproduzem o machismo e reforçam essa cobrança contribuindo para o sofrimento do homem.

Acolha a pessoa, não pressione, diga que está tudo bem e, se houver clima, tentem novas possibilidades de prazer.

Masturbação, uso de vibradores, que inclusive tem vários na minha loja na Apimentou, sexo oral, massagem entre outros tipos de práticas sexuais.

Sejam criativos e saiam do padrão “meteção”.

ele brochou

Se ele brochou, o problema sou eu?

Esse é o maior questionamento das mulheres que não se conhecem e não tiveram também educação sexual básica.

Entender que o prazer do outro não pode estar condicionado a nós e vice versa é o que vai definir como a mulher irá conduzir a situação.

Assim como nós mulheres nos sentimos cobradas e pressionadas quando não temos vontade de fazer sexo, os homens também se sentem e até mais pois, precisam manter a imagem de viril, pau duro, comedor, que não brocha nunca.

Então não necessariamente o “problema” é a mulher.

Existem vários fatores que podem contribuir para a famosa “brochada” que podem ser emocionais ou físicos, cansaço, estresse, preocupações ou até mesmo uma disfunção sexual pode estar por trás.

Sustentar essa masculinidade tóxica é ruim para todos.

Mantemos uma sociedade onde mulheres dependem exclusivamente de um pênis para gozar esquecendo seu próprio potencial orgástico e homens completamente dependentes de seus pênis para dar e sentir prazer sendo que todo nosso corpo tem potencial de prazer.

Basta sair da mente limitada e condicionada ao filme pornô com foco na penetração.

Devemos acender a luz de alerta apenas se as “brochadas” causam grande sofrimento, se são frequentes e se  comprometem a saúde emocional, autoestima e o relacionamento.

Caso isso aconteça, é importante buscar ajuda profissional.

Existem várias alternativas!

E para ajudar a aumentar o repertório sexual do casal, existem várias alternativas entre os produtos eróticos, como por exemplo, o potencializador masculino.

E aqui deixo aqui um texto completo só sobre o potencializador masculino e tudo que você gostaria de saber sobre este produto.

Então não sofra, por uma “brochada”, entenda que isso e mais comum do que você pode imaginar e todas nós passaremos por isso.

Relaxa, se joga e goza.

E oh, aqui no Blog da Apimentou, nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado as nossas vidas sexuais.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixa um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode ainda enviar para alguém que você queira, para ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças e quintas tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no Youtube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Thalita Cesário

Seja bem vinde a minha coluna na Apimentou. Nesse cantinho especial uso do meu conhecimento como Terapeuta e Educadora sexual e como lojista do mercado há quase 10 anos para fazer a curadoria de excelentes produtos e conteúdos relacionados a prazer, sexo, sexualidade, relacionamento e bem estar sexual para trazer o máximo de informação de qualidade contribuindo ao máximo para o seu prazer.Instagram: @athalitacesario

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *