O Que Fazer Para Ter uma Boa Saúde Íntima

148 0
Boa Saúde Íntima
()

Tópico: Boa Saúde Íntima

Cuidar da região íntima é zelar pela saúde como um todo. 

Porém, devido a rotina agitada do dia a dia, os cuidados necessários podem ficar em segundo plano.

Mas saiba que com pequenas mudanças de hábitos, já é possível proteger a região íntima e preservar a saúde.

Pensando nisso, no post de hoje reunimos dicas simples e fáceis de serem colocadas em prática, que irão te ajudar a manter a saúde íntima.

O que fazer para ter uma boa saúde íntima?

Para facilitar o entendimento da matéria, iremos separar em 5 tópicos:

  1. Higiene íntima
  2. Sabonete líquido
  3. Higiene com as mãos
  4. Higiene após o sexo
  5. Acompanhamento médico

Vamos lá?

1. Higiene íntima

Higiene íntima feminina

A higiene íntima deve ser uma preocupação diária de qualquer um, para evitar ser confrontado com incómodos ginecológicos e para manter a flora íntima saudável.

Flora íntima

É constituída por mais de 85% de lactobacilos (microorganismos presentes na vagina e também na vulva), que são essenciais para o equilíbrio vaginal, porque formam uma barreira protetora contra agressões externas, especialmente contra germes: bactérias e fungos, responsáveis por infecções e infecções fúngicas.

Contudo, este equilíbrio da flora íntima é extremamente frágil e pode ser perturbado com muita facilidade por vários fatores, tais como:

  • Variações hormonais relacionadas à puberdade, gravidez, menopausa
  • Ao tomar certos medicamentos (antibióticos, por exemplo)
  • Relação sexual
  • Um método de contracepção
  • Consumo de tabaco
  • Estresse 
  • Produtos errados usados para higiene pessoal

Por isso, é essencial escolher itens de cuidado adequados que preservem e fortaleçam a flora íntima, permitindo que ela continue exercendo sua função de proteção.

Higiene íntima masculina

Costuma-se abordar com menos frequência sobre a higiene íntima masculina. No entanto, é tão importante quanto, para se evitar doenças e infecções. 

Durante a lavagem, no banho, tome cuidado para retrair bem a glande, e lavar todas as partes do pênis, sem esfregá-lo vigorosamente. 

Lavar com água, e utilizar pouco sabonete líquido, já é o suficiente. Aqui, novamente, um banho diário é o ideal, exceto, por exemplo, em casos de sudorese, após um esforço ou relação sexual, para eliminar os restos de fluidos e espermatozoides.

Para evitar qualquer irritação, escolha um produto adequado, de acordo com o PH masculino e não perfumado, enxágue bem para retirar todo o sabonete e, em seguida, seque bem o órgão genital.

Corrimentos 

Todas as mulheres têm corrimentos. É normal. A consistência e a quantidade variam de mulher para mulher. Além disso, existem flutuações naturais com base no ciclo menstrual. 

Então, desde que as secreções vaginais permaneçam claras e não tenham um odor desagradável, não há necessidade de se preocupar. 

Contudo, se um corrimento se tornar branco a levemente amarelado com uma consistência que lembra uma nata, sugere ser uma infecção fúngica.

Os inconvenientes mais comuns são as infecções fúngicas… elas afetam 75% nas mulheres e se repetem com frequência.

Em caso de infecções, prefira um produto alcalino com propriedades antifúngicas, antibacterianas com propriedades calmantes e suavizantes para combater o problema e a sensação de desconforto. Em caso de infecções fúngicas, uma consulta médica é o ideal.

Secura vaginal

A secura íntima é um transtorno que pode afetar mulheres de qualquer faixa etária, porém é mais comum durante a menopausa.

Além da dor, a secura vaginal pode afetar a harmonia do casal e levar a problemas de estresse, medo, culpa e baixa libido nas mulheres.

Porém, já existem no mercado produtos que contém agentes hidratantes que permitem remediar essa dificuldade de lubrificação.

2. sabonete líquido

Para se ter uma boa saúde íntima, você deve começar pela escolha do produto certo para a limpeza. 

O que costuma ser usado para a lavagem do corpo: um gel de banho, uma solução espumante ou um óleo, é muito agressivo para as mucosas e corre o risco de desequilibrar a flora íntima.

Logo, é preciso optar por um produto especialmente formulado para higiene pessoal. 

Para a higiene diária, é relevante escolher um item hipoalergênico com indicação de pH fisiológico, uso diário ou “testado sob controle ginecológico” – estes são recomendados e prescritos por médicos em caso de infecção ou após cirurgias.

pH

É importante saber que o pH mede a acidez ou alcalinidade de uma solução em uma escala de 1 a 14. É ácido entre 1 e 6, neutro em 7 e alcalino de 8 em diante.

A fórmula que indica o pH fisiológico significa que o produto possui um pH próximo ao da área para a qual este produto será utilizado.

Em termos de higiene íntima, o pH é obviamente um elemento muito importante a ser levado em consideração na escolha dos produtos.

Mulheres 

O produto deve ter pH entre 3 e 5, como é o da própria área, para limpar sem agredir, mantendo as defesas naturais e proporcionando uma sensação de frescor. 

Sabonetes comuns e bactericidas não são indicados para esse fim, porque são alcalinos e podem desequilibrar o pH, prejudicando a proteção natural da pele.

Opte por sabonetes líquidos sem álcool na composição. Estes têm mais chance de causar irritação na região íntima.

Homens

O sabonete comum em barra é um produto alcalino com pH entre 7 e 8. Já o sabonete íntimo masculino tem pH ácido que é compatível com o da área íntima que varia entre 5 e 6.

Essa acidez protege a região de fungos e bactérias nocivas para o corpo, ao mesmo tempo em que mantém os microrganismos “bons” da flora genital.

Então incluir o melhor sabonete íntimo masculino na sua rotina de higiene é uma forma de se cuidar e manter o corpo saudável.

3. higiene com as mãos

Certamente você aprendeu que é importante lavar as mãos depois de usar o banheiro, correto? 

Porém, talvez você não tenha se dado conta de que também deve lavar as mãos antes de tocar o órgão genital.

Quando se ignora essa etapa, acaba levando fungos e bactérias para essa região.

Então, evite tocar nas partes íntimas com as mãos sujas. 

Assim, você estará reduzindo as chances de acúmulos de germes que, em razão do calor e da umidade, podem se proliferar e auxiliar no desenvolvimento de diversas formas de doenças.

4. Higiene após o sexo

Outra forma para se ter uma boa saúde íntima, é realizar a devida higienização após o sexo.

As mulheres devem ir ao banheiro para urinar. Isso elimina automaticamente as bactérias que foram empurradas para a uretra devido ao atrito durante a relação sexual. 

Anatomicamente, a uretra feminina é muito curta, portanto, as mulheres são mais propensas à cistite do que os homens. 

Como regra geral, porém, basta enxaguar a região íntima com água após cada relação sexual. 

E os homens devem lavar o pênis logo após as relações sexuais. Esse ato evita que resíduos de sêmen e de lubrificante do preservativo se acumulem na pele, reduzindo as chances de propagar fungos.

Ainda que na relação sexual não tenha sido utilizado preservativo, a higiene imediata contribui para a remoção do muco da lubrificação natural da mulher e evita a proliferação de bactérias.

5. Acompanhamento médico

Assim como as mulheres devem ir ao ginecologista pelo menos uma vez por ano, os homens também deveriam agendar uma consulta com um urologista. 

É necessário criar o hábito de procurar um médico, não apenas em caso de algum sintoma, mas também em circunstâncias preventivas.

Assim, agende uma consulta com um profissional da área rotineiramente e faça exames laboratoriais para verificar se está tudo em dia com a sua saúde. 

considerações finais

Como sempre falamos em nossas matérias aqui do Blog Apimentou, não há nada mais importante que a sua saúde…. e isso engloba, obviamente, a sua saúde íntima.

Por isso, toda informação e cuidados são sempre muito bem-vindos!

Se cuide e tenha sempre uma saúde íntima nota DEZ!

Então, gostou do post de hoje sobre o que fazer para ter uma boa saúde íntima? Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo. 

Não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima!

Quer Apimentar A Sua Vida Sexual?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças, quintas e sábados tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Marcela Costa

Oie! Eu sou a Marcela Costa e sou expert em produtos sensuais e eróticos e estudiosa no tema sexualidade, bem-estar e saúde íntima. Nesta coluna, desenvolvo posts sobre estes temas para ajudar a todos que queiram ler e tirar suas dúvidas. Caso tenha uma dúvida ou sugestão de pauta, envie email para: [email protected], A/C. Marcela Costa, que terei prazer em responder. : )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.