Como Lavar o Clitóris? Saiba Tudo Neste Post!

200 0
como lavar o clitoris
()

Tópico: Como lavar o clitóris

Muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre a melhor forma de limpar certas partes da vagina.

É preciso utilizar um sabonete específico para a área? Como fazer a correta limpeza do clitóris? Qual deve ser a frequência de lavagem?

Questões como essas podem criar confusão e acabar prejudicando a saúde íntima. 

Por isso, para evitar transtornos desagradáveis, tais como odores, infecções vaginais, corrimentos, é imprescindível saber como realizar o asseio corretamente.

Portanto, confira no post de hoje tudo sobre limpeza íntima e como lavar o clitóris.

A importância da higiene íntima

A higiene íntima adequada deve fazer parte da rotina de qualquer mulher, já que, o cuidado e a limpeza do nosso corpo são essenciais para prevenir infecções e garantir a saúde e o bem-estar.

Para uma higiene completa das partes íntimas, basta limpar a área externa dos genitais, ou seja, a vulva. 

Já a vagina, por outro lado, a parte mais interna, é dotada de capacidade de prover por si mesma a sua limpeza e lubrificação. 

As glândulas presentes no colo uterino produzem um lubrificante natural que, descendo o canal vaginal, contribuem para manter o ambiente vaginal úmido, limpo e perfeitamente saudável.

Além disso, este local também é povoado pela flora bacteriana vaginal, composta principalmente por lactobacilos. 

O seu papel é o de bactérias “boas”, capazes de contrariar a proliferação de bactérias e germes nocivos através de diferentes mecanismos, que incluem também a produção de ácido láctico e a acidificação de todo o ambiente vaginal: o pH aqui gira entre 3,5 e 5,5, variando ligeiramente nos diferentes períodos da vida feminina. 

Portanto, as partes íntimas são por sua natureza muito sensíveis, logo é importante seguir as práticas de limpeza íntima adequada, que garanta uma limpeza eficaz, mas que não seja muito agressiva.

Como lavar o clitóris?

O clitóris está localizado logo acima da vagina e tem até aproximadamente 8.000 terminações nervosas. 

Sua única função é dar prazer à mulher. 

Por esta razão, esta área é muito estimulada durante a relação sexual e a masturbação. 

Dito isso, o primeiro cuidado é tratar esse local com carinho.

O ideal é limpar o clitóris no banho. 

Outro detalhe essencial é a escolha do sabonete. Escolha sempre um produto específico para a área íntima.

É importante lembrar que o uso exagerado de sabonete durante a higiene íntima da mulher leva ao ressecamento da pele, diminuindo sua elasticidade natural. 

A mesma coisa acontece se você não proceder com um enxágue generoso após a aplicação do sabonete íntimo.

A limpeza deve ser feita partindo da vulva e movendo a mão em direção ao ânus, nunca vice-versa. 

Isso evita que germes ou bactérias do tipo intestinal atinjam a vagina ou o trato urinário, causando infecções potencialmente perigosas. 

Faça movimentos circulares com os próprios dedos, em volta do clitóris, e certifique-se de retirar todo o sebo que pode ter acumulado na região. 

A concentração de células mortas em conjunto com a oleosidade natural da pele são responsáveis por ocasionar o surgimento do esmegma.

O esmegma é muitas vezes um sinal de má higiene pessoal: quando ignorado, o acúmulo dessas secreções pode desencadear processos inflamatórios, limitados à área genital.

De fato, sendo um material húmido e rico em proteínas, o esmegma é um terreno ideal para o crescimento e reprodução de bactérias e fungos.

Portanto, a higiene vaginal diária cuidadosa é a única solução para evitar o acúmulo de esmegma na área genital.

Nas mulheres, o esmegma se acumula ao redor do clitóris e entre as dobras dos lábios.

Assim, as secreções são produzidas tanto pelas glândulas apócrinas localizadas ao nível do clitóris quanto pelas glândulas sebáceas ao redor dos grandes lábios.

Além desse material, o esmegma feminino em mulheres pode incluir uma pequena quantidade de resíduo de urina, células epidérmicas descamadas e células epiteliais resultantes da ruptura da mucosa.

Outro ponto importante a ressaltar, é sobre a não necessidade de se lavar dentro da vagina, pois o interior é auto-limpante.

A flora vaginal protege a vagina da proliferação de bactérias ou fungos. 

Por isso que você nunca deve limpar o interior, pois corre o risco de desequilibrar e enfraquecer essa flora. 

Quais produtos usar para higiene íntima?

Escolher o melhor sabonete íntimo é um dos passos mais importantes na higiene feminina. 

Os sabonetes não são todos iguais e para o asseio das zonas genitais é imprescindível a utilização de um produto formulado especificamente para o efeito, que preferencialmente tenha um pH ligeiramente ácido.

Os ingredientes e o pH dos sabonetes íntimos mais eficazes do mercado também se adaptam às diferentes fases da vida da mulher, acompanhando seu desenvolvimento desde a infância, puberdade, idade fértil, além de atender às necessidades específicas do corpo da mulher durante momentos como menstruação, gravidez ou menopausa.

Passando de uma idade precoce para a maturidade, de fato, o pH vaginal muda ligeiramente, passando de uma situação semi-neutra para uma acidez mais acentuada, para depois retornar a valores neutros no final da idade fértil. 

Formulações especiais, enriquecidas com agentes calmantes, bactericidas ou emolientes, também são dedicadas a quem sofre de inflamação vaginal, secura ou patologias específicas do sistema genital: uma ajuda válida para combatê-las ou preveni-las.

Qual a frequência correta de lavagem?

A frequência ideal para limpar a vulva é duas vezes ao dia, ou seja, de manhã e à noite. 

Atenção especial também deve ser dada à secagem e à escolha dos tecidos a serem utilizados nas toalhas. 

De fato, é imprescindível uma secagem minuciosa, para garantir que a zona genital fique isenta de qualquer vestígio de umidade e é indispensável ter, mesmo nesta etapa, alguns cuidados especiais, como a execução de movimentos delicados e não agressivos e o uso de toalhas macias, de preferência de algodão.

Tanto o ato de lavar quanto de secar devem ser realizados da vagina para o ânus e não vice-versa, para evitar o transporte de germes intestinais na região vaginal.

Todos devem ter a sua própria toalha pessoal, que deve ser deixada para secar após o uso, para evitar a formação de micróbios nocivos no interior.

Higiene íntima e relações sexuais

É importante realizar uma higiene íntima adequada após cada relação sexual. 

Tudo que entrar em contato com a vagina deve estar limpo, principalmente as mãos. 

Certifique-se de que seu par sempre siga a higiene adequada também.

Após cada relação sexual, esvazie a bexiga para eliminar qualquer bactéria que possa ter entrado na uretra e causar outra infecção muito comum, como a cistite.

Higiene íntima e ciclo menstrual

Durante o ciclo menstrual é importante seguir uma higiene íntima adequada, tanto para evitar maus cheiros quanto infecções.

Para uma limpeza adequada, o absorvente deve ser trocado pelo menos 3 vezes ao dia e não deve ser usado por mais de 4 horas consecutivas. 

A utilização de tampões internos durante o dia pode ser alternada com tampões externos para a noite. 

Em geral, não use absorventes internos à noite e prefira os externos em puro algodão, sem fragrâncias e corantes.

Por essas mesmas razões, limite o uso de calcinhas somente quando estritamente necessário, pois evitam a transpiração e, ao contrário, favorecem a transpiração.

Considerações finais

O sistema genital feminino é caracterizado por equilíbrios delicados e mecanismos de defesa refinados que preservam seu bem-estar. 

A higiene íntima adequada realizada de acordo com as melhores práticas recomendadas pelos ginecologistas é essencial para contribuir na manutenção de seus processos fisiológicos naturais, bem como prevenir o aparecimento de distúrbios e patologias íntimas.

É essencial que toda mulher adote as regras corretas para uma higiene impecável das áreas íntimas: gestos e hábitos básicos, que levam em consideração a sensibilidade particular dessa área.

Então, gostou do post de hoje sobre como lavar o clitóris? Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo. 

Não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima!

Quer Apimentar A Sua Vida Sexual?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças, quintas e sábados tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

 

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Marcela Costa

Oie! Eu sou a Marcela Costa e sou expert em produtos sensuais e eróticos e estudiosa no tema sexualidade, bem-estar e saúde íntima. Nesta coluna, desenvolvo posts sobre estes temas para ajudar a todos que queiram ler e tirar suas dúvidas. Caso tenha uma dúvida ou sugestão de pauta, envie email para: [email protected], A/C. Marcela Costa, que terei prazer em responder. : )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.