Socorro!! Meus Maravilhosos Orgasmos Foram Embora…

16.3k 0
Maravilhosos Orgasmos
()

O.r.g.a.s.m.o

– Momento do ápice do prazer

– Conclusão resposta do ciclo sexual

– Pico de prazer intenso seguido de relaxamento

– Rápidas contrações ritmadas e involuntárias do assoalho pélvico 

– Ondas de prazer que percorrem todo o corpo

– Sensações gostosassss!

As definições de orgasmo são muitas e as sensações são diversas e únicas. 

É comum ouvir falar do percentual de mulheres que nunca tiveram um orgasmo, mas é raro ouvir histórias de mulheres sobre os maravilhosos orgasmos que tiveram. 

E como ficamos quando ouvimos um pedido de socorro de uma mulher que não estava tendo aqueles maravilhosos momentos de ápice de prazer? 

“SOCORRO MEUS MARAVILHOSOS ORGASMOS FORAM EMBORA” 

Relatava esbaforida que gozar não era algo difícil pra ela, que sabia exatamente os locais em seu corpo que iriam leva-la ao ápice do prazer, mas que ultimamente tinha perdido o caminho e que suas transas estavam sendo gostosas… Porém ela não conseguia “chegar lá”. 

Estava frustrada e desesperada para saber o que havia de errado com ela. 

Nem com vibrador conseguia ter aquele pico de prazer intenso.

Exagerada

Talvez você esteja lendo esse texto e pensando “exagerada”… 

Boa parte das pessoas acham estranho, até duvidam quando mulheres compartilham que tem muitos orgasmos e que gostam de sexo. 

Ativamos o “modo patriarcal” cultural e julgamos… Muitas vezes de forma inconsciente. Mas o julgamento prevalece.

Ouvir relatos de mulheres que não tem orgasmos é comum… As pesquisas comprovam isso. 

Mas já chega! 

Vamos parar de normalizar isso e ir em busca do aumento significativo do prazer feminino. 

O nosso e das “coleguinhas”. 

Vamos juntos (estou incluindo os homens nesse manifesto).

E na minha percepção, não houve nenhum exagero no relato acima. 

Ela está correta em querer resgatar seus momentos de prazer, merecemos e podemos gozar sem moderação! 

Os benefícios são diversos: 

  • Ajuda no sistema imunológico 
  • Alivia a tensão
  • Alivia dores
  • Ajuda na memória, no foco
  • Melhora o sono, cabelo, pele
  • Protege o coração
  • Pode aumentar a longevidade
  • Ajuda na densidade óssea 

Entre vários outros benefícios. 

E não sou eu que estou dizendo, são especialistas das respectivas áreas. 

Comece a pesquisar um pouco mais sobre isso que vai querer ter orgasmos diários… #ficaadica”.  

Por Que Foram Embora

Os motivos dessa perda de orgasmos são diversos… 

É preciso avaliar se existe algum problema fisiológico, manter o checkup médico em dia. 

Afinal, como diz o dito popular “é melhor prevenir do que remediar”. 

A saúde física estando em dia, é hora de dar uma atenção especial à saúde mental. 

Se ela não estiver em equilíbrio, os impactos com certeza vão para o corpo também. 

Ansiedade

Não conseguir atingir a sensação por várias vezes, pode gerar ansiedade e isso vai aumentar a tensão. O melhor caminho nesse momento é relaxar. 

Na conversa com a nossa personagem de hoje, ela relatou que não sabia identificar exatamente o que estava ocorrendo.

Sua saúde estava ok, relação com parceiro estava maravilhosa – os dois se conectavam profundamente sexualmente – ele se dedicava a proporcionar muito prazer para ela (sim meninas, felizmente muitos homens se dedicam ao prazer feminino, não vamos ser injustas 😊 – se isso não se aplica ao seu par comece a compartilhar esses textos com ele). 

A Culpa Era O Empenho Maravilhoso Do Par Na Hora Do Sexo

Não estranhe essa afirmação acima. 

Nossa protagonista não estava conseguindo ter orgasmos pois o parceiro estava sendo tão maravilhoso que ela se sentia tão feliz com aquilo tudo que começou a criar “neuras” obtendo um medo de perdê-lo. 

Performar No Sexo

Esse medo, essas “neuras” criadas apenas na cabeça dela, foram causando grande ansiedade.

Ela começou a performar no sexo, a ter comportamentos que não estavam sendo naturais, a buscar posições na internet, dicas de como ser uma mulher maravilhosa na cama e tentando colocar tudo aquilo em prática.

Nada contra querer inovar, testar novas posições, realizar fantasias. Eu recomendo fortemente tudo isso. 

O problema está quando esse comportamento não está sendo natural. A busca está apenas na performance. 

Quando essa mulher está comprometida apenas em agradar os desejos do par, a prioridade dela é dar prazer… 

Conseguir proporcionar prazer para quem amamos causa uma sensação deliciosa. 

Sentir a euforia do outro também é prazeroso para nós, mas é nesse momento que a mulher muitas vezes deixa de se entregar, de viver verdadeiramente aquele momento.

Para gozar tem que relaxar, se entregar e saborear aquela troca de prazer! 

Afinal de contas relacionamento e sexo tem que ser “via de mão dupla”. 

Se for “mão única” é melhor ligar o “pisca alerta” e ver o que está acontecendo!

Solução

Sou contra receitas prontas de bolo, afinal somos únicas, e acho uma irresponsabilidade ficar traçando caminhos e afirmando que determinadas ações vão ser a solução para o problema.

Mas gosto de usar algumas técnicas que aprendi para fazer com que nosso cérebro nos ajude a achar a nossa melhor resposta. 

  • Comece se perguntando o que não está legal na sua vida sexual ou o que pode melhorar?
  • Talvez o problema não seja o orgasmo em si por exemplo, mas algum outro acontecimento que vem te travando, dificultando o relaxamento e ápice de prazer
  • De 0 a 10 quanto conhece seus pontos de prazer? É importante identificar o quanto se conhece, facilita a virada de chave, mesmo naqueles momentos em que você não está legal, mas sabe que se mudar a posição tudo vai fluir melhor.
  • Tenha em mãos um bom excitante feminino a base de Jambu (como o Boom por exemplo) ele vai proporcionar aumento de sensibilidade em forma de ondas de vibração. 
  • Deixe a ansiedade do momento ir embora trazendo o orgasmo de volta
  • Orgasmo é algo muito espontâneo. Se preocupar demais com ele, as chances de alcançá-lo diminuem. 
  • Fique atenta aos problemas emocionais, eles são grandes inibidores 
  • Instigue seu cérebro a pensar em sexo, ele é o comandante. Deixá-lo excitado é primordial para alcançar mais prazer. 
  • Um vibrador pode ser um grande aliado e você não precisa usá-lo apenas na região intima. Explore todo o seu corpo, nosso maior órgão é a pele, e é delicioso sentir um leve toque vibrante por todo nosso corpo. 

Existem muitos caminhos para chegar a um final feliz, e quanto mais caminhos você experimentar, maiores serão as chances de aumento de excitação e muito prazer. 

Então se joga nessa estrada sem medo de ser feliz e busque uma Vida Plena. 

Deixe as “neuras” de lado e viva novas experiências, seja com seu par ou sozinha.

Se desejar conhecer a linha de lubrificantes que trabalho, acesse a minha loja na Apimentou.

Te convido a conhecer a minha loja e a experimentar. É caminho sem volta!

E oh, aqui no Blog da Apimentou, nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado as nossas vidas sexuais.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixa um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode ainda enviar para alguém que você queira, para ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças e quintas tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no Youtube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Viviane Coelho

Oie! Sou Viviane Coelho apaixonada pelos benefícios que os produtos sensuais e eróticos podem proporcionar para a nossa vida, nosso bem-estar sexual e saúde íntima, aliado ao autoconhecimento que vai nos levar a uma melhor versão de nós mesmas(os) a cada dia, e poder compartilhar neste blog toda essa minha paixão, meus aprendizados através dos estudos que realizo, atuando como Coach em Sexualidade, como lojista da Vida Plena Sensual Store, pelas lentes das minhas vivências e experiências, me deixa Feliz Demais. VamosJuntos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *