10 Dicas e Cuidados para o Pós-Sexo

1.3k 0
Cuidados para o Pós-Sexo
()

Tópico: Cuidados para o Pós-Sexo

A prática sexual regular é uma importante aliada na saúde mental e física. 

Fazer amor melhora a função cardíaca, diminui os níveis de estresse, ansiedade, e muito mais.

No entanto, por muitas vezes, nos divertimos tanto na “hora H” que esquecemos de alguns cuidados básicos pós-sexo – e que são tão importantes quanto a transa em si.

Veja no post de hoje, 10 dicas e cuidados que merecem atenção e devem ser incorporados a sua vida sexual.

10 Dicas e cuidados para o pós-sexo

Pela sua saúde e a da relação, confira a seguir 10 hábitos importantes a serem mantidos pós intimidade. 

Vamos lá?

1. Evite depilar no pós-sexo

Especialmente nos últimos anos, mais e mais mulheres estão recorrendo à depilação completa das partes íntimas. 

A maioria realiza a prática, até mesmo com o intuito de promover uma maior higiene da zona vaginal.

Mas, a verdade, é que remover totalmente os pelos é um ato prejudicial de várias maneiras. 

A sua presença evita lesões e irritações que podem ocorrer durante o ato.

A função do pelo é justamente proteger a vagina, formando uma barreira contra o exterior que evita o contato com germes e bactérias, e desempenhar um papel protetor durante a relação sexual.

Com a depilação principalmente pós-sexo, a pele ficará sujeita a grande estresse. 

Como resultado, pode ocorrer pequenas escoriações, cortes (principalmente se você usar a lâmina), o aparecimento de desconfortos estéticos como pelos encravados, ou foliculite por bactérias.

2. Use produtos adequados para a higiene íntima

Cada indivíduo é diferente… logo apenas experimentando itens, cada um de nós pode entender qual o produto mais adequado para si.

Apesar disso, seria bom considerar itens de limpeza delicados e específicos para as áreas genitais, e preferir aqueles com pH em torno de 5, pois respeitam a acidez normal das partes íntimas.

Sabonetes normais para o corpo, de fato, não são adequados para lavar os genitais, pois são muito agressivos.

Portanto, um sabonete líquido suave deve ser utilizado sempre, e certifique-se de enxaguar a área adequadamente para evitar resíduos do produto.

3. Higiene íntima na gravidez

Precisamente durante a gravidez, a higiene íntima requer atenção especial. 

A razão? A desregulação hormonal do corpo da mulher torna as partes íntimas ainda mais vulneráveis e sujeitas a desequilíbrios da flora bacteriana.

Para mulheres grávidas, aplicam-se mais ou menos as mesmas regras de higiene listadas acima para assim evitar que a abundância de secreções favoreça a proliferação de germes e bactérias.

Por isso que os médicos sempre recomendam uma limpeza local cuidadosa, principalmente no pós-sexo.

4. Lave bem, mas não muito

É importante realizar uma higiene íntima adequada após cada relação sexual. 

A regra a seguir é: lave, porém não exagere.

Afinal, exceder com as lavagens influencia no esgotamento da microflora bacteriana interna e cria um desequilíbrio entre bactérias boas e patogênicas, em favor destas últimas, o que expõe o sistema genital ao risco de infecções.

Além disso, não é útil realizar duchas vaginais para remover resíduos de sêmen, pois a sua eficácia contraceptiva é estimada em cerca de 20% e seu uso, ao contrário, pode levar ao desenvolvimento de infecções após a alteração da microflora local.

Por esta razão, é aconselhável usar duchas vaginais apenas sob a prescrição do seu ginecologista para tratamentos específicos.

Deve-se ainda considerar fazer uma boa secagem da área para manter a higiene. 

O ideal é empregar um papel, mas se desejar utilizar uma toalha assegure de absorver toda a umidade, para não proliferar germes e bactérias nocivas.

Lembrando que cada pessoa deve ter a sua própria toalha, que deve ser deixada secar após o uso para evitar a formação de micróbios nocivos em seu interior.

Tanto o ato de lavar quanto de secar devem ser realizados da vagina/ pênis para o ânus e não vice-versa, para evitar o transporte de germes intestinais.

5. Evite um banho muito quente

Se entregar a um banho quente pode parecer um excelente plano pós-sexo, mas saiba que isso aumenta as chances de contrair uma infecção.

Um banho de água quente pode fornecer às bactérias uma temperatura propícia para se multiplicar.

Além do mais, permanecer em uma banheira de água quente por um longo período, também significa que as bactérias terão acesso prolongado a diferentes partes do seu corpo. 

Isso não será apenas prejudicial à sua saúde genital, mas também à do seu par.

6. Evite roupas apertadas

Após o sexo, não é recomendado usar roupas justas logo após a relação sexual. 

Afinal, já houve bastante roçadura da pele, que a fricção do tecido pode levar à maceração local, irritando ainda mais a derme e causando uma proliferação de germes.

Logo, opte por roupas não tão justas para deixar o ar circular. 

O ideal é utilizar roupas íntimas feitas de tecido respirável e evitar materiais sintéticos.

O algodão é ótimo para deixar os órgãos genitais respirarem. 

Por ser uma fibra natural, também é hipoalergênica, altamente absorvente e não irrita as áreas mais sensíveis – que ficam ainda mais úmidas e sensíveis após o sexo.

7. Hidrate-se

Ingerir água com frequência é importante em qualquer ocasião, e no pós-sexo não seria diferente.

Portanto, pegue uma garrafa de água e coloque-a na mesa de cabeceira antes do sexo, ou vá para a cozinha logo depois do ato.

Beber pelo menos um quarto de litro após a relação sexual pode ajudar a hidratar o corpo e a manter seus níveis de energia altos, pois a estimulação sexual consome muitas calorias. 

Além de também ajudar a drenar as bactérias do trato urinário.

8. Vá ao banheiro

A infecção urinária ocorre nas mulheres com mais frequência porque a uretra, que está localizada acima da entrada da vagina é mais curta que a do homem. 

Além disso, a pressão que o pênis faz durante a relação acaba empurrando bactérias para dentro, facilitando a contaminação, e ocasionando ardência.

A solução? Após a transa, esvazie a bexiga para eliminar as bactérias que podem ter entrado na uretra e causar uma infecção muito comum, a cistite.

Ou seja, urinar limpa o canal, e ajuda a eliminar bactérias e toxinas – uma maneira simples e eficaz de evitar infecções do trato urinário.

9. Limpe os seus brinquedos sexuais

Depois que você terminar com eles, bactérias, vírus e fungos podem ficar por aí. 

Os brinquedos sexuais ficam expostos ao sêmen e/ou corrimento vaginal, tornando-os propensos ao acúmulo de bactérias.

Isso significa que eles podem espalhar doenças sexualmente transmissíveis e outras infecções se não forem limpos após o sexo.

Então, faça a higienização de cada brinquedo após cada uso – verifique a embalagem para obter as instruções corretas de lavagem.

O ideal é não usar os brinquedos com outras pessoas, mas se planejar compartilhar, tente cobrir o sex toy com um preservativo.

10. Vá ao ginecologista regularmente

Por fim, é essencial fazer exames ginecológicos regulares com o seu médico especialista. 

Principalmente, em casos de desconforto ou dores persistentes, alterações no cheiro, cor e consistência de secreções vaginais, erupções no pênis, etc.

Somente o especialista, de fato, poderá reconhecer o aparecimento de problemas a serem tratados e indicar os produtos e tratamentos necessários em caso de infecções no genital.

Considerações finais

As dicas e cuidados para o pós-sexo são muito simples e todos podem seguir sem problemas.

O conceito mais importante que todos devem entender é: quando referimos à higiene íntima adequada não estamos falando apenas de métodos de lavagem e limpeza – é feita referência a todos os comportamentos úteis para prevenir o aparecimento de distúrbios genitais.

Em todo o caso, para qualquer dúvida é sempre fundamental contactar o seu médico de confiança que poderá dar todas as sugestões mais adequadas para cuidar da sua saúde, mesmo íntima, da melhor forma possível, referindo-se ao especialista para cada caso.

Gostou do post de hoje sobre dicas e cuidados para o pós-sexo? E, se tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo – a sua opinião é muito importante para nós.

Não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima.

Quer Apimentar O Seu Relacionamento?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto, pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todos os dias tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Marcela Costa

Oie! Eu sou a Marcela Costa e sou expert em produtos sensuais e eróticos e estudiosa no tema sexualidade, bem-estar e saúde íntima. Nesta coluna, desenvolvo posts sobre estes temas para ajudar a todos que queiram ler e tirar suas dúvidas. Caso tenha uma dúvida ou sugestão de pauta, envie email para: [email protected], A/C. Marcela Costa, que terei prazer em responder. : )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *