Sexo na Terceira Idade. O Segredo para Manter a Chama Sexual!

Como envelhecer mantendo-se jovem de maneira saudável

9.4k 0
sexo na terceira idade
()

Tópico: Sexo na Terceira idade

Quando começa a terceira idade, ou melhor idade, como dizem por aí?

Encontrar a eterna fonte da juventude sempre foi o sonho de muitos povos, estudiosos e também de alquimistas, que viam nessa busca a concretização do sonho de permanecer eternamente jovens.

A expressão terceira idade surgiu na França, por volta dos anos 1962, em razão de uma política de integração social da velhice, com o objetivo de transformar a imagem da população idosa.

Através da história, buscamos conhecer os esquemas simbólicos das representações sociais que constroem crenças enaltecedoras ou estigmatizantes dos grupos de idosos. 

E esses esquemas utilizados para manutenção de privilégios e poder fazem com que uma sociedade estabeleça e distribua papéis sociais, impondo crenças comuns e determinando quem são os outros.

Assim, os termos velho, idoso e terceira idade são construções sociais utilizadas para situar o indivíduo nas várias instituições da sociedade, em proveito da ordem social e do poder.

última fase do ciclo da vida

Para o sociólogo italiano Domenico De Masi, a velhice é calculada não a partir do ano de nascimento, mas tendo como referência a morte, já que pela progressão das despesas médicas e farmacêuticas: no último ano de vida gasta-se uma quantia equivalente a que se tinha gasto durante toda a vida até aquele momento. 

E o último mês custa tanto quanto o último ano inteiro.

Terceira idade ou melhor idade é um termo mais agradável de que lançamos mão para suavizar o peso do seu real significado, a última fase do ciclo da vida.

A velhice tem sido estigmatizada, considerada como algo ruim, porque representa a negação de valores próprios da juventude sempre cultuados, como a beleza, o viço, a força, a produtividade.

Entretanto, não podemos negar que a idade mais avançada traz outros valores como a experiência, a sabedoria, a perspicácia, a ponderação e a capacidade de refletir sobre a própria condição material e espiritual de vida. 

Qualidades às quais a juventude ainda não tem acesso.

Idosos devem ter uma vida sexual ativa

O avanço tecnológico da ciência, as grandes descobertas e estudos da geriatria para suplantar e prevenir doenças têm contribuído muito para o aumento da expectativa de vida, interferindo positivamente no processo de envelhecimento e possibilitando uma melhor qualidade de vida, não apenas à população idosa como também àqueles que estão chegando nessa fase.

Um dos fatores que melhora a qualidade de vida na terceira idade é a prática regular de sexo, que inclusive tem sido recomendada por médicos e especialistas.

Ou seja, idosos não só podem como devem ter uma vida sexual ativa. É muito importante a prática de sexo na terceira idade.

O número de idosos no Brasil vem aumentando de forma acelerada a cada ano e a sexualidade relacionada a velhice, ainda envolta em mitos e tabus, acaba contradizendo o avanço das contribuições cientificas para a evolução da sociedade nesse sentido, visualizando a pessoa idosa como um ser assexuado.

Muitas vezes, a própria pessoa idosa acaba acreditando nesse estereótipo, dificultando a aceitação da sexualidade no processo de envelhecimento.

o corpo envelhece, a alma não

Fatores hormonais exercem um impacto muito grande na vida sexual, principalmente para as mulheres. 

A drástica diminuição do estrógeno gera ressecamento vaginal, podendo culminar em muita dor no ato sexual. 

Lubrificantes íntimos são úteis nesse caso, podendo ajudar no resgate do prazer. Inclusive existem alguns específicos para este propósito, como o lubrificante Hidra Confort, por exemplo.

As mudanças no corpo, a passagem pela menopausa/andropausa não podem ser impeditivos para uma vida sexual plena.

Nos homens, há uma diminuição no volume ejaculatório. 

A sensibilidade na área genital também terá uma redução, tanto no homem quanto na mulher.

Claro que a libido pode diminuir consideravelmente nesse processo, e muitas vezes a indisposição física se faz presente a cada ano, mas a ternura e os gestos de carinho mútuos também fazem parte da construção de uma união afetiva.

Uma eventual perda de ereção ou dificuldade para a mulher são situações normais, que podem ocorrer. 

Precisamos ter consciência de que sexo na terceira idade é muito mais que penetração e que a autoestima vai além de qualquer performance sexual. 

A qualidade sobrepõe a quantidade.

já passei da idade (será?)

Quase ninguém toca no assunto, mas é importante começar a falar mais abertamente sobre os cuidados e os benefícios de se manter na ativa depois da maturidade. 

O desejo pode ser (re)descoberto e experimentado enquanto houver vida. 

Aliás, pela experiência e idade, o sexo na terceira idade pode tornar-se até mais prazeroso, podendo-se incluir acessórios para celebrar o momento íntimo.

Sair da rotina e experimentar algo novo, como produtos eróticos, óleos de massagem, pode tornar o momento mais mágico. 

Muitas vezes, por vergonha, acabam passando por um sex shop e não param, apesar da curiosidade. 

Mas em lojas online, como a Apimentou, além da discrição, podem obter numerosas informações via chat online, opção que seria descartada em virtude de uma visita a uma loja física.

A população idosa precisa compreender que apesar das limitações que podem ocorrer nessa fase, a satisfação sexual ainda pode permanecer. 

Mesmo na ausência de um par, a busca pelo prazer pode ser alcançada por outras formas, pois a sua identidade sexual não se estabelece na presença do outro, indo muito além de orgasmos e ereções.

novas formas de sentir/dar prazer

A terceira idade só vai ser tediosa se você permitir. 

A maturidade deve ser vista como uma oportunidade de aproveitar cada vez mais o que a vida tem a oferecer, e no âmbito sexual não poderia ser diferente.

Os benefícios do sexo na terceira idade são muitos. 

O sexo faz bem para o corpo todo. 

Com os devidos cuidados, ele aumenta a autoestima, regula a pressão arterial, melhora o humor, a qualidade do sono e consequentemente aumenta a imunidade.

O orgasmo tem efeito calmante e, além disso, é um potente analgésico, capaz de diminuir eventuais dores no corpo.

As relações sexuais podem continuar até quando quisermos e conseguirmos. 

Isso cabe a cada um, pois Independentemente dos tabus da sociedade, a sexualidade permanece e não cabe a terceiros decidirem sobre essa questão.

A abstinência sexual, inclusive, pode prejudicar a saúde, afetando a tonicidade, a elasticidade e a lubrificação vaginal, resultando em atrofia.

Restrições físicas ou implicações médicas não podem servir de desculpa para não vivenciar intimidade e prazer na terceira idade. 

Com a prática frequente, a experiência dá lugar ao aprimoramento e o momento íntimo vai se adequando às limitações.

Saúde é o que interessa...

Embora nessa fase já não haja preocupação com anticoncepção, é necessária a correta orientação quanto às medidas preventivas das infecções sexualmente transmissíveis, pois essa questão atinge a todos e não pode ser negligenciada.

Outro ponto é o uso indiscriminado de medicamentos ou remédios caseiros para melhorar a potência sexual ou ainda aumentar o desejo. 

Essas poções mágicas e os remédios sem acompanhamento médico podem ter efeito contrário ou ainda causar complicações bem graves.

O acompanhamento médico e o cuidado com a saúde são fundamentais para uma vida plena e o sexo na terceira idade.

A sexualidade é construída ao longo da vida, desde a infância, englobando os aspectos individuais de cada um e, para viver bem a sexualidade, é preciso que a pessoa esteja bem na sua totalidade e que tenha amor próprio, principalmente.

Apesar dos preconceitos a sexualidade não envelhece.

Se a disposição e a potência já não correspondem como antes, nada melhor que exercitar a criatividade, investindo em alternativas orais e manuais para garantir o prazer.

Enfim, o segredo é se reinventar, se (re)descobrir. 

Permanecer jovem, permitindo-se aprender sempre e adquirindo novos hábitos. 

Acrescentando vida aos dias, com menos lembrança e mais esperança.

Você pode escolher envelhecer ou tornar-se um clássico.

Então, gostou do post de hoje sobre sexo na terceira idade? E se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser compartilhar sua experiência deixe nos comentários abaixo.

E não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais. Até a próxima!

Quer Apimentar a sua vida sexual?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças, quintas e sábados tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Marcelo Maia

Me chamo Marcelo Maia e sou expert em produtos sensuais e eróticos e um estudioso no tema sexualidade, bem-estar e saúde íntima. Além disso, sou autor do e-book Punheta, uma passeio na masturbação masculina, à venda na livraria da Amazon. Nesta coluna, desenvolvo posts sobre estes temas para ajudar a todos que queiram ler e tirar suas dúvidas. Caso tenha dúvida ou sugestão de pauta, envie email para: [email protected], A/C. Marcelo Maia, que terei prazer em responder. : )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *