Rebeca, A Designer Sapeca

619 0
Designer sapeca
()

Rebeca, a designer sapeca

Me chamo Rebeca e sou do tipo meio doidinha. 

Sou super de bem com a vida e sempre disponível para ajudar. 

Alguns falar até que exagero em ser tão feliz e demonstrar isso… dizem que pode parecer falsidade. Mas não ligo. 

Sinceramente acho que é inveja do meio jeito de ser e de ver sempre o lado positivo de tudo. 

E acho também que tem a ver com o fato de eu ser muito bem resolvida sexualmente. Não sei, só acho…

Sou designer há alguns anos e adoro o que eu faço. 

Por vários motivos… primeiro porque é muito bom colaborar com o desenvolvimento de novas marcas e empresas. E segundo porque… como tem boy bom de cama nesse meio da publicidade. 

Nem sempre são bonitos. Mas na maioria das vezes são uma delícia na cama. E, claro, super criativos. 

A-D-O-R-O!

Certa vez estava em uma produtora em Santa Tereza, editando um material para um evento grande de uma operadora de telefonia. 

Essa produtora é enorme. São 4 andares com diversas ilhas de edição e estúdios. Um mundo! 

E lá tinha um boy que estava doida para pegar…. o João. 

Além de uma delicinha, ele ainda era um dos melhores editores da casa. Extremamente profissional e criativo. 

Às vezes ficava na ilha de edição ao lado dele vendo ele editar, olhando para aqueles mãos mexendo nos botões da ilha imaginado ele apertando os botões da minha vulva… e já começava a ficar toda molhada.

joão editando

Neste dia, demos uma parada para comer alguma coisa e depois seguirmos noite à dentro.

Pedimos pelo aplicativo de delivery e estava dando mais de uma hora de espera. 

João então saiu da ilha de edição e me volta com duas cervejas mega geladas…

– Que tal, hein?!  Para gente relaxar um pouco e esperar a comida chegar, disse ele rindo.

– Você acabou de abrir a chave para o meu coração (e para minha bucetinha, pensei).

Começamos com uma, que passou para duas, que passou para 3 cervejas, cada um. 

Isso regado a muitas risadas e um excelente papo cabeça. 

Quando percebi, estava no sofá da ilha de edição, deitada com a cabeça em seu colo, enquanto me fazia carinho.

Ficamos nos olhando um tempo… quando percebo que algo estava cutucando minha cabeça… 

João estava muuuito de pau duro. E eu estava adorando aquilo. 

Comecei a esfregar minha cabeça no pau dele, bem de levinho… queria ver a reação dele.

– Isso é maldade, Rebeca… assim vou me sujar todo, disse sorrindo.

– Só tem um jeito então, vou ter que cuidar dele, respondi com um olhar bem sapeca.

Começamos a nos beijar no sofá, com ele passando a mão pelas minhas pernas e coxas, levantando meu vestindo até aparecer parte da minha calcinha.

– João, esse lugar é enorme e alguém pode ver… sabe algum lugar para onde podemos ir sem ser vistos?

– Vamos para o banheiro do quarto andar. Essa hora não tem ninguém por lá… só funciona em horário comercial.

Subimos para o quarto andar, entramos no banheiro e trancamos a porta. 

Eu só queria dar gostoso para ele naquela loucura momentânea. 

João voltou a me beijar gostoso, me agarrou pelos braços e me girou contra a parede.  Ele queria me comer forte… 

João em um piscar de olhos, já estava de calça arriada, de pau duro e com camisinha, pronto para meter em mim. 

Empinei minha bundinha para ele, mostrando que estava com sinal verde para meter com vontade.

O que ele fez, sem pestanejar. 

Levantou meu vestido, abaixou minha calcinha e agarrando na minha cintura, apontou aquela vara gostosa contra minha buceta molhada. 

Apesar da fome de me comer, começou metendo devagar, para se acomodar dentro de mim, para em seguida, meter com força, agarrando com uma das mãos minha cintura e com a outra meu pescoço. 

João meteu com força, sem parar… até gozar forte e urrar de tesão.

Foi legal a brincadeira… mas odeio transar e não gozar. 

Tudo bem… foi o calor do momento. 

Mas se não deu na transa, resolvo sozinha. 

Disse para ele ir na frente que iria fazer uma higiene íntima. O que ele obedeceu, claro. 

E sozinha ali, a noite, toquei uma siririca deliciosa, para gozar gostoso e voltar mais leve para ilha de edição.

Formas de Facilitar o orgasmo

Sempre fui assim, de fazer aquilo que me dá vontade. 

Recentemente peguei um trabalho de design para uma empresa de segurança. 

O dono é super legal, Guto. Apesar de estar beirando uns quarenta e cinco anos, ele está bem enxuto e super na ativa. Faz o estilo garotão, é engraçado e divertido e tem sempre uma frase engraçada para descontrair.

Conheci ele através de uma indicação de uma amiga, Nataly. Ela trabalha com ele a pouco tempo e está cuidando da parte de marketing da empresa.

Logo na primeira reunião que tivemos juntas, percebi que algo estava rolando ali, entre eles e, claro, já fui logo perguntando:

– Amiga, me fala uma coisa… Tu pegando ele, é?! Indaguei a Nataly rindo.

– Está tão na cara assim? Respondeu gargalhando. 

– Então tenho que tomar mais cuidado, continuou.

– Ele é casado?

– Aham… e eu também, lembra? Respondeu rindo.

– Mas é só uma brincadeira gostosa… já vamos parar antes que complique… continuou.

– Para enquanto é tempo, amiga. Depois acaba virando amante.

– Eu sei, Rebeca… é porque ele é safado… e você sabe como gosto de um safado. Além disso, ele sabe chupar como ninguém… me faz gozar e ir nas alturas. Algo que nunca vi… Aí já viu né…

Bom, pensei… eles são bem grandinhos e devem saber o que estão fazendo. E até ali, não quis me meter no rolo deles. 

O problema é que o Guto começou a olhar diferente para mim e, depois dela me falar que ele chupa gostoso, não conseguia parar de olhar para ele e imaginá-lo chupando minha bucetinha e me fazendo goza forte em sua boca.

E acho que ele percebeu isso. E a Nataly também. Porque as reunião pararam de ser presenciais e passarem a ser todas por conferenciais digitais.

Acho que foi ciúmes… e onde tem ciúmes, é porque deve ser realmente bom.

E assim foi seguindo por uns dois meses.

Até que um dia, o Guto marcou comigo na empresa dele, em um horário que a Nataly não estaria por lá. 

Cheguei e estiquei a mão para cumprimentar… a qual recebi um abraço gostoso de volta (que nem esperava) e, claro, retribui com um beijinho no rosto pertinho de sua boca.

abraço com guto

Ao perceber que estava rolando algo ali, Guto deslanchou seu charme para cima de mim, contando histórias engraçadas e me fazendo rir. 

E após muitas gargalhadas, perguntei para ele, sem meias palavras:

– Guto, posso te perguntar uma coisa?

– Claro, meu anjo, o que você quiser.

– Você e Nataly…

– O que tem Nataly e eu?

– Vocês estão se pegando, né? Indaguei rindo…

Guto abriu um sorriso enorme, como se orgulhoso estivesse e balançou a cabeça meio sem jeito. E voltei a falar:

– Estou perguntando isso porque ela me falou que você sabe chupar como ninguém… e agora quando te olho fico imaginado isso, falei rindo.

Guto caiu na gargalhada e sorrindo me falou:

– Nada melhor que a propaganda gratuita de um serviço bem prestado. Eu adoro chupar…então rola toda uma dedicação.

– Entendi… será então que a Nataly me empresta você para um teste rápido de aprovação do consumidor?

Guto nem pensou duas vezes, e veio em minha direção beijar minha boca, o que retribui, mordendo seus lábios e lambendo sua orelha e pescoço. Ele então levantou minha saia curta e disse:

– Deixa eu chupar muito essa tua bucetinha gostosa. Quero muito te ver gozar.

Ele então se dirigiu a porta e a trancou. Quando me olhou, já estava sentada em sua cadeira, sem calcinha e com as pernas apoiadas nos braços da cadeira.

Ele sorriu e veio na minha direção. Agarrou minhas pernas e começou a beijá-las, indo aos poucos rumo a minha vulva que a cada beijo ficava ainda mais molhada.

Ao chegar na minha bucetinha, pude entender o que a Nataly se referia… ele beijou os pequenos lábios, passando a língua por toda ela em movimentos circulares, me enchendo de tesão, para só depois encontrar meu clitóris, a qual chupava com carinho e intensidade ao mesmo tempo, alternando movimento pela entrada do canal vaginal. Simplesmente maravilhoso…

A cada movimento, ficava ainda mais excitada, apertando minhas mãos contra sua cabeça. Minhas pernas não paravam de tremer e estava realmente com dificuldade de segurar os gemidos.

Até que explodi em um orgasmo extremamente forte e contínuo, me fazendo gozar seguidas vezes. Algo que até então, nunca havia acontecido.

Após essa explosão de sensações e múltiplos orgasmos, estava completamente entregue ao que ele quisesse fazer comigo.

de quatro

Ele então me olhou, abriu sua calça e colocou sua piroca para fora.

Como na cadeira ficaria muito difícil por causa da posição, levantei e me apoiei quase totalmente na mesa, empinando minha bundinha para ele, na posição cachorrinho, de quatro.

Ele então segurou minha cintura com as duas mãos e começou a meter gostoso sua rola dura dentro de mim, em movimentos que alternavam um vaivém rápido com algo mais lento e intenso. 

Agarrei a mão dele, e coloquei no meu cabelo, para que ele puxasse e me fizesse de sua putinha naquele momento. Ele merecia e merecia muito. 

O que ele respondeu imediatamente, agarrando e puxando meus cabelos e metendo com vontade dentro de mim, até gozar forte e relaxar.

Vestimos nossas roupas rapidamente para que pudéssemos nos compor e abrir a porta da sala. 

E, imediatamente após Guto abrir a porta, Nataly chega.

Sentindo aquele cheiro de sexo no ar, que não tem como disfarçar, ela me olhou desconfiada e fechou a cara. O que prontamente sorri.

Nataly imediatamente mandou uma mensagem no whastapp para mim:

– Não acredito que você fez isso.

– A culpa é sua, respondi. Não mandei fazer propaganda.

Depois daquele dia, nem preciso dizer que nunca mais fui chamada para fazer nenhum trabalho para aquela empresa.

Mas ao menos sei que se um dia tiver um boy muito bom de cama, nunca irei fazer propaganda para as amigas.

FIM - Rebeca, a designer sapeca

Quer Apimentar O Seu Relacionamento?

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pelos departamentos e categorias. Nós possuímos uma infinidade de produtos de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e tamanhos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto, pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

E, oh, aqui no Blog da Apimentou nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado à nossa vida sexual.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixe um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode enviar a alguém que você queira ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todas as terças, quintas e sábados tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no YouTube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dricka Dellavassa

Escritora de contos eróticos e heavy user de produtos sensuais e eróticos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.