21 Mitos e Curiosidades sobre a Punheta

2.4k 0
mitos e curiosidades sobre a punheta
()

Tópico: mitos e curiosidades sobre a punheta

21 mitos e curiosidades sobre a Punheta!

Você já parou para pensar em de onde vieram os mitos criados sobre a punheta? Não?

Então vem comigo neste post para saber tudo sobre mitos e curiosidades sobre a punheta!

De Onde vieram os mitos sobre a punheta?

A masturbação masculina sempre foi pauta de muita controvérsia ao longo dos anos de existência dos homens. 

Em determinado período da nossa existência, a masturbação masculina foi extremamente reprimida, através de discursos de ódio e repulsa contra todos aqueles que, de forma natural, buscavam se auto conhecer ou apenas sentir prazer consigo mesmo.

E, ao pesquisarmos um pouco sobre a história da masturbação masculina, ficou claro para nós que, através desta mesma repressão e ódio, foram criados diversos mitos, com o único objetivo e a intensão de impedir que as pessoas continuassem a praticá-la.

O meio encontrado para tentar impedir as pessoas de se masturbarem, foi através da criação de diversos panfletos que eram distribuídos nas cidades e centros urbanos. 

Estes panfletos eram escritos por pessoas respeitadas à época e traziam informações sobre reações adversas que poderiam ocorrer, caso você se masturbasse.

Coisas surreais e totalmente infundadas foram criadas focadas na falta de informação e na imposição do medo para, através destes “pseudo-sintomas”, trazer o medo e a “castração” ao ato da masturbação.

Muitas pessoas à época acreditavam piamente nestes mitos e, acredite se quiser, algumas pessoas ainda acreditam…

Hoje sabemos a verdade e possuímos meios científicos para atestar verdade e mentiras sobre a masturbação masculina, sobre a punheta.

Sendo assim, vamos aqui desconstruir a maioria destes mitos e liberar ainda mais a sua mente para uma vida punheteira mais feliz e consciente.

banana-punheta

12 Mitos sobre a Punheta!

  1. Masturbação causa cegueiraAham… eu sei, você deve estar pensando “Tu tá de brincadeira”. Mas é real. Há muitos anos, quando queriam “forçar” as pessoas a acreditarem que sexo era só para procriação, a masturbação foi considerada pecaminosa. Com isso, diversos mitos surgiram, como este que punheta causa cegueira. Totalmente infundado. O máximo que pode acontecer se pegar no olho, é arder e ficar vermelho por uns 3 dias. Mas cegar, não cega não.
  2. Masturbação causa acne – Mas um da série “amazing stories” e criado na mesmo época que o da cegueira. Totalmente infundado e apenas para causar medo e impedir a punheta.
  3. Masturbação causa pêlos nas mãos Você já viu alguém com pelos nas mãos? Sério? Mito criado na mesma época que o mito da acne e da cegueira. Outros que vão na mesma linha são os que dizem que masturbação causa náuseas, problemas respiratórios, paralisia, enfraquecimento de órgãos, declínio das faculdades mentais, surgimento de espinhas, entre outros. Tudo mentira. Se fosse verdade, não tinha mais homens caminhando pela face da Terra. Vai por mim…
  4. Muita masturbação pode provocar disfunção erétil – Não existe esse risco. A disfunção erétil não é resultado de masturbação. O máximo que pode acontecer é existir uma certa forma de se tocar que te deixe mais excitado e que outras pessoas não estejam conseguindo fazer igual, não te causando excitação. Isso não é disfunção erétil, apenas predileção pela sua própria mão.
  5. Masturbação aumenta o tamanho do pénis Essa eu GARANTO a vocês que é mito (ou eu teria 40cm, em posição de descanso). A questão do tamanho do pênis, possui outros fatores.
  6. Masturbação é coisa de adolescente – A punheta é, sem dúvida, muito mais presente na vida dos homens durante a adolescência. Afinal, os hormônios estão em ebulição e é natural se masturbar com maior frequência #dopaminanaveia. Porém, a punheta irá acompanhar os homens por toda a sua vida, enquanto ereto. Pode apostar.
  7. Homens em relacionamentos não tocam umaTaí uma mentira deslavada. E nem adianta os pares ficarem com ciúmes ou com pé atrás. Os homens gostam de se masturbar não só pela questão do prazer, mas também porque relaxa, alivia as tensões entre outros fatores. E isso nada tem haver com insatisfação em seus relacionamentos a dois. É meramente algo que, instintivamente, os homens fazem, independente de estarem ou não em um relacionamento.
  8. Todos os homens se masturbam da mesma forma – O corpo masculino possui diversas áreas erógenas e a masturbação individual é muito pessoal. Existem pessoas que preferem, ao tocarem uma punheta, também se massagear (esfregar, alisar, pressionar) outras partes do corpo, pois isso as deixa excitadas. E isso é normal, pois não existe maneira certa ou errada. Cada um é de um jeito. 
  9. Muita Masturbação é prejudicial – Não existe um limite. Mas existe bom senso. A questão é não deixar a masturbação influenciar negativamente em sua vida, por passar o dia inteiro tocando punheta #dopaminanaveia. Isso sim pode ser prejudicial. Por isso, fique atento ao bom senso. O ideal é sempre equilibrar as coisas de forma que tudo possa ter espaço em sua vida, sempre com moderação.
  10.  Masturbação vai te fazer infértil – Mito. O organismo do homem funciona de forma a repor o estoque de espermatozóides a cada 12/24h de descanso (homens em boas condições de saúde). Ou seja, após a ejaculação, há uma baixa no estoque de espermatozoides e, em caso de nova ejaculação, a contagem será menor, voltando ao normal após o descanso. Em linhas gerais e em condições de masturbação normal (até 5 vezes na semana), estamos sempre com o estoque em dia. 
  11.  Masturbação pode trazer riscos para sua saúde Os únicos riscos que a masturbação pode oferecer é se você utilizar frutas e tortas no pênis. Aí, amigo, pode sim ter alergias e irritações na pele, trazendo riscos a sua saúde. Além disso, para aqueles que são adeptos da punheta gourmet, vale lembrar que é necessário higienizar os brinquedos de masturbação todas as vezes antes e depois do uso. Caso contrário podem causar irritações ou alergias. Outros riscos que podem haver é se a pessoa se sente culpada após a masturbação, seja por que motivos forem. Isso sim pode lhe fazer mal e, para estes casos, aconselho buscar apoio de um terapeuta sexual. Masturbação é natural e uma das melhores formas de autoconhecimento e de prazer seguro. Nunca se sinta culpado por usufruir daquilo que é seu, por natureza, que é seu próprio corpo.
  12.  Masturbação acaba com seu desejo sexual – Outro mito que precisa ser desconstruído, pois é justamente o oposto. A masturbação te mostra o caminho do seu corpo, para onde você quer ir e  onde te dá mais prazer. Isso só irá te ajudar a ter mais desejo sexual e mais prazer na relação com seu par.

Dica De Compra Para Comprar Melhor E Mais Barato!

E aproveito também para dar uma boa dica a você leitor que pode querer experimentar as possibilidade da masturbação com brinquedos eróticos.

Acesse a nossa loja em Apimentou.com.br e passeie pela categoria masturbadores. Nós possuímos uma infinidade de masturbadores de diferentes marcas, modelos, estilos, funções e formatos que farão você pirar com tanta novidade e possibilidade.

E o site ainda possui comparador de preços de produtos e frete de diversos lojistas de todo o Brasil, para você comprar mais barato e receber mais rápido.

E o mais legal, nós estamos online no site TODOS OS DIAS, das 11h à 0h!

Estamos sempre online para atender você e tirar todas as suas dúvidas, além de lhe ajudar a comprar o melhor produto pelo menor preço.

Não é robô que fica respondendo um monte de besteira, tirando a nossa paciência… É o nosso time de experts em produtos sensuais e eróticos para lhe dar o melhor atendimento na Apimentou!

E tudo respeitando o sigilo nas informações passadas e em sua identificação.

Basta nos chamar no chat online do site! ; )

Masturbando o pepino

9 Curiosidades sobre a Punheta!

E, para ilustrar um pouco mais sobre o universo da masturbação masculina, trouxe abaixo algumas curiosidades (umas bem bizarras) sobre a punheta ao redor do mundo. 

Vale lembrar que estas curiosidades são retiradas de pesquisas online e podem (não exatamente) refletirem a realidade. 

  • Na indonésia, masturbação pode levar à pena de morte. Lembre-me de nunca por os pés lá;
  • Algumas tribos indígenas australianas punem a masturbação com chibatadas. E você chateado porque sua mãe reclamava do tempo que ficava no chuveiro;
  • Existe uma competição que ocorre em diversas partes do mundo chamada Masturbate-a-thon, que é uma espécie de concurso de masturbação. O objetivo porém, nada tem a ver com despudor ou imoralidade. Ao contrário, é uma competição que visa arrecadar fundos para instituições de caridade, além de tocar no assunto de forma natural, desestigmatizando o amor próprio. Literalmente, uma bronha por caridade;
  • A masturbação masculina mais longa possui recorde no Guiness Book e aconteceu na California, EUA. Um japonês de nome Masanobu Sato, conseguiu manter a masturbação por 9h e 58 minutos sem parar. Haja braço, filho; 
  • A ejaculação mais longa e veloz também está no Guiness Book e pertence ao americano Horst Schultz. Ele conseguiu expelir o seu sémen a 6 metros de distancia e atingir 3,8 metros de altura. Além disso, ele conseguiu atingir a marca de 68km/h com seu jato. E aqui, retiro o que disse sobre punheta cegar. Se um jato desses, pega no olho, cega;
  • Em 2015, um canal adulto japonês exibiu um game show aonde meninas masturbavam dois concorrentes para ver quem chegava primeiro ao orgasmo. Tipo de disputa aonde chegar em segundo também valeu demais;
  • Também no Japão, neste mesmo ano e canal adulto, houve um Karaokê aonde o desafio do cantor era continuar conseguindo cantar enquanto uma menina o masturbava. Tipo do game que nem precisa de premiação;
  • Atualmente, existem homens se masturbando utilizando cascas de banana. Por mais bizarro que pareça essa técnica possui seus adeptos. Porém, vale lembrar que médicos e terapeutas sexuais desaprovam, tendo em vista que podem causar irritações e alergias em seu pimpolho. O pessoal está levando a sério o termo “descascar a banana”;
  • Muitas espécies de mamíferos, como por exemplo os primatas, se masturbam. É pessoal, tá no DNA e nem adianta lutar contra!

Conclusão

Como podemos ver, mitos não faltam à punheta com o objetivo de amaldiçoa-la ou carregá-la de consequências ruins. 

Mas o lado bom é que, como dito acima, foram todos desconstruídos e não refletem a realidade, ficando todos nós certos da pureza e dos benefícios de uma vida punheteira.

Artigos Relacionados:

E oh, aqui no Blog da Apimentou, nós vamos tirar todas as suas dúvidas, sobre tudo relacionado as nossas vidas sexuais.

Se quer saber mais sobre um determinado tema, deixa um comentário abaixo e nós vamos providenciar para você.

E você pode ainda enviar para alguém que você queira, para ajudar a tirar dúvidas sobre o tema.

Todos os dias tem matéria nova no ar!

No blog ou no Canal da Apimentou no Youtube.

O que você achou deste post?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Marcelo Maia

Me chamo Marcelo Maia e sou expert em produtos sensuais e eróticos e um estudioso no tema sexualidade, bem-estar e saúde íntima. Além disso, sou autor do e-book Punheta, uma passeio na masturbação masculina, à venda na livraria da Amazon. Nesta coluna, desenvolvo posts sobre estes temas para ajudar a todos que queiram ler e tirar suas dúvidas. Caso tenha dúvida ou sugestão de pauta, envie email para: [email protected], A/C. Marcelo Maia, que terei prazer em responder. : )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.